ADMINISTRADORA DO AEROPORTO DE MOSSORÓ AMEAÇA ENCERRAR ATIVIDADES POR FALTA DE PAGAMENTO

 


A Infracea Aeroportos, empresa que administra o Aeroporto de Mossoró Dix Sept Rosado, informou que as atividades do terminal serão encerradas a partir do próximo dia 11, caso o Governo do Estado não pague três meses do valor do contrato, que estão em atraso. De acordo com a assessoria de comunicação do aeroporto, há um atraso de repasses de até três meses da gestão estadual que faz os pagamentos através do DER – Departamento de Estradas e Rodagem. O valor da dívida pode passar de R$ 470 mil.

O diretor geral do Departamento de Estradas e Rodagem, Manoel Marques, disse ao Agora RN que o Estado deve o valor apenas de setembro e que o mês de outubro pode ser quitado até o dia 30 de novembro. O diretor disse ainda que a empresa tem uma dívida com o DER de taxas arrecadadas que não foram repassadas ao Estado, e que o Estado deve apenas o reajuste que não estava previsto no contrato.

Segundo o diretor, em um encontro de contas, a empresa é quem deve algo em torno de R$ 60 mil ao governo. Manoel disse ainda que, se a empresa parar com as operações no dia 11, o Estado entrará com uma ação na justiça. Em março de 2021, foram retomadas as operações do aeroporto com voos partindo de Mossoró, com aeronaves com capacidade para 70 passageiros, com destino ao Recife, capital pernambucana.

Notícias mais lidas na semana.

NOVA CRUZ 102 ANOS: PREFEITO FLAVIO DE BEROI INAUGURA E ENTREGA HOJE REVITALIZAÇÃO DO LARGO DA PREFEITURA NO DIA DA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO MUNICÍPIO

CAERN FAZ CAMPANHA DE RENEGOCIAÇÃO DE DÉBITOS COM DESCONTOS DE ATÉ 100% SOBRE JUROS E MULTAS

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO