EM SANTO ANTÔNIO, POLÍCIA MILITAR, GUARDA MUNICIPAL E SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE SE REÚNEM COM RESPONSÁVEIS DE VÉICULOS DE PUBLICIDADE PARA COIBIR POLUIÇÃO SONORA NO MUNICÍPIO

 


Até que enfim tomaram uma providência em relação a um dos problemas que mais tem sido motivo de reclamação da população de Santo Antônio-RN.  Na última sexta-feira (10), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Santo Antônio realizou uma reunião com proprietários de paredões e paredinhas e responsáveis pelos veículos de som, o encontro teve como pauta principal  disciplinar e orientar esses profissionais do ramo da publicidade para que ambos cumpra a legislação ambiental referente a poluição sonora. A reunião contou com a presença do comandante do Pelotão da Polícia Militar, Sargento Calesberg, e representantes da Guarda Municipal, onde na ocasião foi discutido ações integradas para a realização da fiscalização e controle das emissões de sons acima dos padrões permitidos que têm causado perturbação de sossego e incômodo a população.

Na oportunidade, o secretário municipal de Meio Ambiente, Manoel Izaque, apresentou os parâmetros da utilização de som no âmbito do município, os níveis de emissão sonora permitidos, a regularização do serviço e as penalidades previstas por quem descumprir a legislação ambiental. 

Na ocasião, ainda da pauta, foi discutido um plano de atuação junto aos órgãos de segurança locais para realizar a fiscalização no sentido de combater a poluição sonora e os efeitos indesejáveis e perturbadores de sossego provocados por ruídos acima do limite permitido. A primeira fase da fiscalização consiste no trabalho de orientação mediante a aferição dos níveis de emissão sonora, a segunda na advertência verbal ou por escrito para cessar a eventual irregularidade, e a terceira em aplicação das penalidades legais em caso de descumprimento da lei.

O comandante da PM, Sargento Calesberg, parabenizou a iniciativa do poder público municipal em promover a discussão e buscar a parceria para atuar no combate à poluição sonora, causador de danos à saúde pública e ao meio ambiente. O oficial disse estar à disposição e defendeu uma atuação integrada entre os órgãos do Município e a Polícia Militar para assegurar o controle nos níveis de som no território municipal e, consequentemente, a manutenção da ordem social.

Ainda na oportunidade, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente realizou o cadastramento dos proprietários de som e responsáveis pelos veículos propagadores de ruídos que estiveram presentes, onde também assinaram um termo de compromisso se comprometendo em respeitar e cumprir as normas discutidas e estabelecidas em lei. Os demais que utilizam equipamentos sonoros no município deverão procurar a secretaria municipal de Meio Ambiente para efetuar o cadastro e assinar o referido termo assumindo compromisso em cumprir o que estabelece a legislação ambiental.

Notícias mais lidas na semana.

NOVA CRUZ E MONTANHAS TÊM ABASTECIMENTO DE ÁGUA SUSPENSO APÓS VAZAMENTO EM ADUTORA

PM PRENDE SUSPEITO DE PARTICIPAÇÃO NA MORTE DE EX-VICE-PREFEITO DE BOA SAÚDE DURANTE ASSALTO EM NATAL

MPF OBTÉM CONDENAÇÃO DE MÉDICO PERITO POR FRAUDAR O INSS; CASO ACONTECEU EM SANTO ANTÔNIO EM 2008

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO