LEI SECA: STF PODE AUTORIZAR MOTORISTA A NÃO FAZER TESTE DO BAFÔMETRO; ENTENDA

Imagem
  Foto: DIVULGAÇÃO/PRF O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar na quarta-feira (18) três ações que podem alterar as regras do Código Brasileiro de Trânsito e a Lei Seca. Estão em jogo a tolerância zero com álcool na direção, a proibição da venda de bebidas alcoólicas nas estradas federais e a aplicação de sanções a quem se recusa a fazer o teste do bafômetro, como aplicação de multa de R$ 3 mil e a suspensão do direito de dirigir por 1 ano. O relator das ações no Supremo, o ministro Luiz Fux, chegou a fazer audiência pública sobre esses temas em 2012, mas os casos nunca foram a julgamento. Em janeiro de 2008, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva editou uma medida provisória para proibir a venda de bebidas alcoólicas nas rodovias federais. O texto foi incrementado pelo Congresso, com a aprovação da chamada Lei Seca. Em vigor até hoje, ela prevê punição ao motorista que consumir qualquer quantidade de álcool, por menos que seja. Normas posteriores vieram a tornar mais duras

"ESTOU COM O CORAÇÃO PARTIDO,SILENCIEM AS ARMAS, DEUS ESTÁ COM OS OPERADORES DA PAZ, E NÃO COM QUEM USA A VIOLÊNCIA", DIZ PAPA

 


O papa Francisco voltou a falar sobre a guerra na Ucrânia neste domingo (27), durante a celebração do Angelus, e afirmou que está “com o coração partido pelo que acontece no país e em outras partes do mundo”.

“Silenciem as armas, Deus está com os operadores da paz e não com quem usa a violência”, disse.

Durante sua fala, o líder da Igreja Católica ainda voltou a fazer um apelo para a defesa dos civis que tentam fugir dos conflitos.

“Eles são irmãos e irmãs pelos quais é urgente abrir corredores humanitários. Eles precisam ser acolhidos. A lógica diabólica [da guerra] se distancia das pessoas comuns que querem a paz. Em cada conflito, são as pessoas comuns as verdadeiras vítimas que pagam em sua própria pele a loucura da guerra”, acrescentou.

“Quem ama a paz, como diz a Constituição italiana, repudia a guerra como instrumento de ofensa à liberdade de outros povos e como meio de resolução de controvérsias internacionais”, pontuou ainda.

A questão ucraniana vem sendo lembrada nas cerimônias e nos eventos do papa Francisco desde novembro do ano passado, quando a tensão começou a aumentar por conta dos exercícios bélicos da Rússia na fronteira com o país.

O Pontífice instituiu duas datas para rezar pela paz para os ucranianos: uma em 26 de janeiro e outra para o próximo 2 de março, dia que a Igreja celebra a quarta-feira de cinzas.

Além disso, Jorge Mario Bergoglio teve uma atitude inédita na última sexta-feira (25) indo pessoalmente à sede da embaixada da Rússia no Vaticano para pedir um cessar-fogo e o cuidado com os mais frágeis. No sábado (26), o líder católico telefonou para o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, em contato que foi agradecido publicamente pelo mandatário.

ANSA

Notícias mais lidas na semana.

CAMPESTRE (RN): PREFEITO AUTORIZA LICITAÇÃO POR MAIS DE R$ 500 MIL

AGRESTE: GRUPO POLÍTICO DE OPOSIÇÃO EM LAGOA D´ANTA DECLARA APOIO AO DEPUTADO RAIMUNDO FERNANDES

ENFERMEIRA PERDE CONTROLE DO CARRO E MORRE EM ACIDENTE NA BR-101, NA GRANDE NATAL

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA