CABO DA PM MORRE APÓS TER INFARTO DURANTE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA NO RN

Imagem
Morreu na tarde desta quarta-feira (18), no Hospital da Polícia Militar em Natal, o Cabo Rubens Aleixo, que era lotado no 6º Batalhão da PM de Caicó, e atuava no Grupo Tático Operacional. Ele sofreu um infarto durante a manhã de ontem quando fazia um teste de aptidão física, se preparando para ingressar no grupo de policialmente rural. Quando infartou, ele foi atendido, reanimado e levado ao Hospital. Deu entrada na UTI, onde ficou até a tarde. O corpo foi encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbito – SVO para confirmação da causa da morte. Portal Grande Ponto

TAXA DE DESEMPREGO CAI PARA 11,1% NO 4º TRIMESTRE DE 2021

 


A taxa de desempregou caiu para 11,1% no 4° trimestre de 2021, informou nesta quinta-feira (24/2) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Trata-se de um recuo de 1,5 ponto percentual na comparação com o trimestre anterior (12,6%). Já a taxa média anual foi de 13,2%, o que indica uma tendência de recuperação frente à de 2020 (13,8%), quando o mercado de trabalho sentiu os maiores impactos da pandemia do coronavírus.

Na prática, há 13,9 milhões de brasileiros desempregados. No fim de 2020, eram 13,8 milhões de pessoas em busca de um emprego.

Embora o cenário tenha melhorado em 2021, o patamar pré-Covid ainda não foi recuperado, explicou o IBGE. Em 2019, a taxa anual de desocupação havia sido de 12,0%.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

A coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE, Adriana Beringuy, explica que a taxa média de desocupação de 13,2%, a segunda maior da série histórica da pesquisa, iniciada em 2012, reflete a situação do mercado de trabalho em um momento em que a ocupação voltou a crescer após um ano de perdas intensas.

“Muitas pessoas ao longo dos dois anos perderam suas ocupações e várias delas interromperam a busca por trabalho no início de 2020 por causa da pandemia”, diz.

“Depois houve uma retomada dessa busca, ainda que o panorama econômico estivesse bastante desfavorável, ou seja, não havia uma resposta elevada na geração de ocupação. Em 2021, com o avanço da vacinação e a melhora no cenário, houve crescimento do número de trabalhadores, mas ainda persiste um elevado contingente de pessoas em busca de ocupação”, acrescenta ela.

Taxa de informalidade

De forma geral, com o aumento da ocupação, a informalidade também se expandiu.

No ano passado, os trabalhadores informais somavam 36,6 milhões, um aumento de 9,9% frente a 2020. Isso levou a taxa de informalidade a subir de 38,3% para 40,1% nesse período.

“O crescimento da informalidade nos mostra a forma de recuperação da ocupação no país, baseada principalmente no trabalho por conta própria. Tanto no segundo semestre de 2020 quanto no decorrer de 2021, a população informal foi a que mais avançou”, explica Beringuy.

Notícias mais lidas na semana.

AGRESTE: GRUPO POLÍTICO DE OPOSIÇÃO EM LAGOA D´ANTA DECLARA APOIO AO DEPUTADO RAIMUNDO FERNANDES

ENFERMEIRA PERDE CONTROLE DO CARRO E MORRE EM ACIDENTE NA BR-101, NA GRANDE NATAL

FOTOS E VÍDEO: PREFEITURA DE JUNDIÁ/RN REALIZA COMEMORAÇÃO AO DIA DAS MÃES

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA