IBGE DIVULGA RESULTADO DE SELEÇÃO COM MAIS DE 3 MIL VAGAS PARA O CENSO 2022 NO RN; CONFIRA

Imagem
  O IBGE e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgaramr nesta sexta-feira (20) o resultado final da seleção do Censo Demográfico 2022. Ao todo, são  3.366 vagas temporárias  ofertadas para os cargos de recenseador e agente censitário supervisor e municipal. Os trabalhos são espalhados por todos os municípios do estado.  (Clique  AQUI  para o resultado de recenseador e  AQUI  para o de agentes). Do total de vagas, 2.931 são para recenseador, profissional que vai de casa em casa fazer entrevistas com moradores. Para coordenar o trabalho dos recenseadores, são 284 vagas de agente censitário supervisor, além de 151 vagas para agente censitário municipal, responsável pelo Censo Demográfico nos municípios. Números 3.479 vagas no total Contratados 8 analistas censitários 32 coordenadores censitários de subárea 36 agentes censitários operacionais A contratar 37 agentes censitários de administração e informática 151 agentes censitários municipais 284 agentes censitários supervisores 2.931 recens

SINDSAÚDE ENTRA COM AÇÃO NA JUSTIÇA CONTRA O GOVERNO DO ESTADO PARA COBRAR PAGAMENTO DE PLANTÕES

 


O Sindicato dos Servidores da Saúde (Sindsaúde/RN) informou nesta segunda-feira (21) que ingressou com uma ação na Justiça contra o Governo do Estado para reivindicar o pagamento de plantões extras. Na ação, a categoria pede que a Justiça obrigue o governo a pagar os plantões dentro do mês trabalhado – o que, segundo os servidores, não está ocorrendo.

“Diante da intransigência do governo no que se refere ao pagamento dos plantões eventuais dentro do mês trabalhado, assim como determina a nossa Constituição Estadual (parágrafo 5°, Art.28), o jurídico do Sindicato propôs, na semana passada, uma ação judicial com objetivo de garantir os direitos dos servidores estaduais da saúde”, informou o sindicato, em nota.

O processo está correndo na 4ª Vara da Fazenda Pública de Natal. Há um pedido de liminar para que o Estado pague os plantões do mês de março.

De acordo com o Sindsaúde, a categoria esperava receber neste mês, além da implantação do novo plano de cargos, os plantões eventuais, mas isso não aconteceu. A categoria diz que foi informada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) de que os pagamentos seriam feitos depois.

Coordenador-geral do Sindsaúde, Breno Abbott afirma que o governo alterou o plano de cargos de última hora para mudar o esquema de pagamento dos plantões. “O governo agiu na surdina e pelas nossas costas, alterou o texto do nosso PCCR sem consultar os sindicatos que fizeram parte das negociações. Com isso, o governo Fátima está reduzindo os nossos salários. Isso é muito grave!”, declarou.

Com informações da 98 FM.


Notícias mais lidas na semana.

PREFEITO FLAVIO DE BEROI DESARTICULA OPOSIÇÃO E INTERMEDIA APOIO DE LIDERANÇAS NOVA-CRUZENSES AO DEPUTADO RAIMUNDO FERNANDES

AGRESTE: GRUPO POLÍTICO DE OPOSIÇÃO EM LAGOA D´ANTA DECLARA APOIO AO DEPUTADO RAIMUNDO FERNANDES

ENFERMEIRA PERDE CONTROLE DO CARRO E MORRE EM ACIDENTE NA BR-101, NA GRANDE NATAL

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA