CONSTRUÇÃO REGISTRA MELHOR NÍVEL DE ATIVIDADE E DE EMPREGO NO QUADRIMESTRE DESDE 2012; APONTA CNI

Imagem
  A Sondagem Indústria da Construção, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que a indústria da Construção Civil teve o melhor nível de atividade e o número de empregados entre janeiro e abril nos últimos dez anos. Foram entrevistadas 419 empresas, sendo 156 pequeno porte, 175 médio porte e 88 de grande porte, entre e 2 e 10 de maio de 2022. O índice do nível de atividade ficou em 50,1 pontos em abril de 2022. O valor próximo da linha divisória dos 50 pontos, que separa aumento de queda do nível de atividade, sinaliza estabilidade. O índice é 1,2 pontos menor do que março, no entanto, não apresentava valor acima dos 50 pontos para o mês de abril desde 2012, quando registrou 50,6 pontos. O índice do número de empregados ficou em 50,7 pontos, representando aumento de 0,7 ponto ante março. Assim como o ocorrido para o nível de atividade, o valor do índice é o maior para abril desde 2012, quando registrou 51 pontos. Em abril de 2022, a Utilização da Capacidade Operacional (UCO

BOLSONARO CORTOU R$ 6 BILHÕES DE REPASSES PARA UNIVERSIDADES FEDERAIS, DIZ INESC

 


O governo de Jair Bolsonaro cortou cerca de R$ 6 bilhões dos repasses feitos para universidades federais desde 2019. Segundo um levantamento produzido pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), a execução financeira para o ensino superior foi de R$ 40,65 bilhões no primeiro ano de mandato para R$ 34,82 bilhões no ano passado.

A verba autorizada pelo governo federal para ser gasta com o ensino superior sofreu queda de R$ 6,5 bilhões. O montante era de R$ 42,62 bilhões em 2019, mas foi reduzido para R$ 36,09 bilhões em 2021.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) foi uma das mais atingidas pelos cortes. O governo federal havia autorizado um repasse de R$ 4,1 milhões em 2019, mas reduziu o valor para R$ 3,3 milhões neste ano.

A assessora política do Inesc, Cleo Manhas, afirma que os cortes nos repasses impediram “o aumento das matrículas, a substituição de professores que se aposentaram, a manutenção e ampliação dos espaços e dos projetos de pesquisa, as bolsas para a pós-graduação, dentre outras ações fundamentais para um país que pretende ter pensamento autônomo”.

Os dados fazem parte de um estudo que o Inesc divulgará nesta segunda-feira (11/4) com análises dos três anos da gestão Bolsonaro nas áreas de saúde, educação, direito à cidade, meio ambiente, indígenas, quilombolas, igualdade racial, mulheres e crianças e adolescentes.

Notícias mais lidas na semana.

AGRESTE: GRUPO POLÍTICO DE OPOSIÇÃO EM LAGOA D´ANTA DECLARA APOIO AO DEPUTADO RAIMUNDO FERNANDES

ENFERMEIRA PERDE CONTROLE DO CARRO E MORRE EM ACIDENTE NA BR-101, NA GRANDE NATAL

FOTOS E VÍDEO: PREFEITURA DE JUNDIÁ/RN REALIZA COMEMORAÇÃO AO DIA DAS MÃES

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA