TRE-RN E TJRN FAZEM PARCERIA PARA COMBATER FAKE NEWS NO PERÍODO ELEITORAL

Imagem
  O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) e o Tribunal de Justiça (TJRN) se uniram para combater a propagação de notícias falsas, especialmente durante o período eleitoral. A parceria foi firmada entre os departamentos de Comunicação dos dois Tribunais. A ideia é que o TJRN, através de suas redes sociais, divulgue informações corretas e serviços sobre as eleições de 2022. Parceria com o TJRN visa ampliar a divulgação de informações verdadeiras sobre o processo eleitoral “O combate à desinformação é uma prioridade para o TRE-RN, bem como para toda a Justiça Eleitoral. Entendemos que fomentar a circulação de conteúdos verídicos e estimular a verificação por meio da divulgação de notícias checadas, recomendações e conteúdos educativos é o caminho para enfrentar os efeitos negativos provocados pela desinformação. A parceria com o TJRN, que possui, em uma única rede social, quase 30 mil seguidores, visa ampliar a divulgação de informações verdadeiras sobre o processo e

DESEMPREGO FICA EM 11,1% EM MARÇO, E RENDA MÉDIA CAI 8,7%

 


O desemprego no Brasil foi de 11,2% no trimestre terminado em fevereiro para 11,1% no encerrado em março, a mais baixa para o período desde 2016, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta sexta-feira 29 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou bem perto do piso das expectativas dos analistas, que estimavam uma taxa de desemprego entre 11,0% e 11,7%, com mediana de 11,4%.

“Ao contrário dos dados anteriores, em que, apesar de a taxa mostrar uma surpresa para baixo, a composição mostrava uma piora, o número de hoje está muito melhor do que o esperado, na taxa, na composição e nos salários”, opinou Mirella Hirakawa, economista-sênior da AZ Quest. “A gente começa a entender que o mercado de trabalho está mais aquecido, e muito mais aquecido, do que o anteriormente esperado.”

A surpresa contraria a tendência de alta na taxa de desemprego no primeiro trimestre em relação ao quarto trimestre do ano anterior. Ao fim de 2021, a taxa de desocupação também estava em 11,1%. Segundo o IBGE, o mercado de trabalho manteve a tendência sazonal de dispensa de trabalhadores temporários no primeiro trimestre, mas houve menos demissões do que em anos anteriores.

“De modo geral, a ocupação caiu menos do que costuma cair em primeiros trimestres de anos anteriores”, afirmou Adriana Beringuy, coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE.

Houve extinção de 472 mil vagas no primeiro trimestre de 2022 ante o quarto trimestre de 2021, enquanto 62 mil pessoas desistiram de procurar trabalho. A taxa de desemprego não aumentou porque 929 mil cidadãos decidiram aderir à inatividade, ou seja, nem trabalharam nem buscaram uma vaga.

Notícias mais lidas na semana.

MAIS UM GRUPO LIGADO AO DEPUTADO GALENO TORQUATO, ADERE AO GRUPO DO DEPUTADO RAIMUNDO FERNANDES

PREFEITO FLAVIO DE BEROI DESARTICULA OPOSIÇÃO E INTERMEDIA APOIO DE LIDERANÇAS NOVA-CRUZENSES AO DEPUTADO RAIMUNDO FERNANDES

9 PREFEITOS DO RN NA MIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO; SAIBA QUAIS E OS MOTIVOS

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA