VÍDEO: PREFEITO GUILHERME DÁ ORDEM DE SERVIÇO E OBRAS DE CALÇAMENTO INICIA NA COMUNIDADE DO MANDÚ, EM LAGOA DE PEDRAS/RN

Imagem
O Prefeito Guilherme Amâncio deu mais uma ordem de serviço e as obras de calçamento na comunidade do Mandú teve início. O trabalho segue firme em todo o município e esta importante obra é um pedido antigo da população. A via de grande extensão será calçada e em breve entregue a população, o prefeito esteve presente e acompanhou de perto o início dos trabalhos. Veja abaixo o vídeo: 

ESCOLAS DO RN ESPERAM AUMENTO DA PARTICIPAÇÃO NO ENEM

 


Com as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2022) abertas na última terça-feira (10), a expectativa é de que neste ano haja maior participação dos estudantes, visto que há maior controle da pandemia da covid-19. Somente no primeiro dia de inscrições, o ministro da Educação Victor Godoy Veiga, revelou que foi atingida a marca de 1 milhão de inscritos para o exame. No Rio Grande do Norte, em 2021, o número de inscrições para o recuou 43,34% em relação a 2020. Foram 73.141 alunos que se inscreveram para a prova. Contudo, para este anos, as escolas estão otimistas de que o número será bem maior e executam planos de estudo com foco em estimular os estudantes.

A Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC/RN) informou que está discutindo as ações de apoio aos estudantes na preparação do exame, focadas para acontecer no segundo semestre, sendo a mais tradicional delas em formato de aulões preparatórios. No ano passado, além desses a SEEC também disponibilizou conteúdos em TV aberta.

Na rede privada o otimismo é evidente, como no Colégio CEI (Romualdo e Roberto Freire), onde a expectativa é positiva, seja pelo comportamento que os alunos demonstram em relação ao exame, seja pelas estratégias que a rede implementa com foco nas provas. “Existe um foco muito grande nessa preparação. Fizemos avaliações diagnósticas potentes, com olhar significativo na aprendizagem do aluno. Nas evidências dessas aprendizagens e com base neste diagnóstico, estabelecemos estratégias de acompanhamento do movimento dos alunos através de análise de dados e retroalimentação de planejamento, aliado às atividades de enriquecimento curricular que a escola já possui”, explicou a orientadora pedagógica do colégio, Fabiana Reis.

Essas atividades que a escola desenvolve passam por uma carga horária expressiva, atendimentos individualizados, elaboração de rotina de estudos pela coordenação e pela equipe de psicologia, além de uma série de ações que fazem com que a preparação tenha o êxito dos alunos como o principal objetivo. “Hoje são 5 turmas de pré-concluintes e, pelas nossas pesquisas, o número de inscritos será quase na sua totalidade, como tem sido nos outros anos. No último ano, cerca de 120 alunos nossos fizeram o ENEM e acreditamos que teremos em média 160 alunos neste ano”, prevê a orientadora.

Naturalmente o período da pandemia comprometeu o estímulo dos candidatos a realizarem as provas do ENEM, contudo, nesta fase de recuperação da crise sanitária, percebe-se um estímulo maior nos estudantes. “Em nossa escola, mesmo no período de pandemia, não percebemos queda na adesão de estudantes ao ENEM. Hoje percebemos eles mais estimulados, vendo as estratégias da escola como fortalecedor de sua rotina, com o acompanhamento em saúde mental muito expressivo para que tenham saúde emocional. A prova do ENEM exige uma rotina e uma disciplina e eles são trabalhados nesse sentido também”, pontuou Fabiana Reis.

Outra escola que está focada na participação e aprovação dos estudantes é o tradicional Colégio Marista. Lá são 180 alunos aptos a realizarem o certame e a coordenadora pedagógica da escola, Adeline Oliveira, diz que a forte adesão dos candidatos do país no primeiro dia de inscrições demonstra o quanto o número deve ser maior do que em 2021.

“De modo geral, certamente vamos ter um percentual maior do que no passado. Percebemos os alunos mais mais comprometidos no sentido de assumir essa responsabilidade. No nosso caso, podemos não ter 100% de adesão porque há uma parcela que se prepara para disputar vagas em universidades privadas, de outros estados, inclusive, cuja forma de ingresso é outra”, disse ela.

Contudo, a maioria deve utilizar o ENEM como acesso às instituições públicas. “De 80% a 90% deve tentar vaga em universidades públicas pelo ENEM e tem até os que vão usar o exame para se matricular em instituições de ensino fora do país”, ressaltou.

Isso de fato é possível. Alguns países aceitam a nota do ENEM como forma de ingresso em suas instituições. Portugal é o que oferece mais possibilidades com 51 instituições, tanto públicas quanto privadas, graças a convênios entre os dois países. Estados Unidos, Canadá, França, Inglaterra e Espanha são alguns outros que também aceitam estudantes brasileiros por meio do exame.

Adeline Oliveira ressalta ainda que a preparação dos alunos no Marista vai desde as orientações para as inscrições até o programa de estudos voltado ao programa do ENEM. “Cumprimos um programa específico pela própria matriz do ENEM e pelo desafio de fazer as retomadas de defasagem dos anos anteriores através das nossas avaliações, simulados e outros recursos que são aplicados com essa finalidade”, disse ela.

O prazo de inscrição para o Enem 2022, nas versões impressa e digital, segue até o dia 21 de maio na página do Inep (https://enem.inep.gov.br/participante). O pagamento da taxa para quem não conseguiu isenção é facilitado através de boleto, PIX ou cartão de crédito e custa R$ 85 devendo ser paga até 27 de maio.

Notícias mais lidas na semana.

COMISSÃO DO TRE-RN DÁ PARECER PELA REPROVAÇÃO DE CONTAS DA CAMPANHA WENDEL LAGARTIXA

IGUALMENTE A TEREZINHA MAIA, TOMBA FARIA PODERÁ SER CASSADO

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA