CABO DA PM MORRE APÓS TER INFARTO DURANTE TESTE DE APTIDÃO FÍSICA NO RN

Imagem
Morreu na tarde desta quarta-feira (18), no Hospital da Polícia Militar em Natal, o Cabo Rubens Aleixo, que era lotado no 6º Batalhão da PM de Caicó, e atuava no Grupo Tático Operacional. Ele sofreu um infarto durante a manhã de ontem quando fazia um teste de aptidão física, se preparando para ingressar no grupo de policialmente rural. Quando infartou, ele foi atendido, reanimado e levado ao Hospital. Deu entrada na UTI, onde ficou até a tarde. O corpo foi encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbito – SVO para confirmação da causa da morte. Portal Grande Ponto

GOVERNO LANÇA PROGRAMA RN + CORAÇÃO EM PARCERIA COM A AMICO

 


O diagnóstico e a assistência às crianças cardiopatas do Rio Grande do Norte terão uma melhoria substancial nos próximos meses. O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), está investindo mais de R$ 500 mil, em parceria com a Associação Amigos do Coração da Criança (Amico), na qualificação de profissionais em cinco regiões do estado para ampliar a chance de salvar as vidas daqueles que nascem com problemas no coração.

O programa, batizado de RN+ Coração, foi lançado nesta segunda-feira (2) e já tem as primeiras ações de qualificação marcadas para começar no próximo dia 16. A proposta é estruturar um plano de consultoria e educação continuada para equipes de saúde, com a triagem e detecção precoce das cardiopatias congênitas na infância, sobretudo as cardiopatias críticas no período neonatal.

“O RN+Coração tem um valor humano incomensurável que abrange o trabalho de capacitação, para que os servidores estejam aptos para identificar os problemas e trazer a cura para as crianças. O que se vê nas estatísticas é que as cardiopatias se detectadas à tempo são superáveis e nossa proposta é salvar vidas. Para o Governo é uma felicidade a parceria com a Amico que é uma associação reconhecida em todo o país”, ressaltou a governadora Fátima Bezerra, que lembrou de sua mãe, parteira que trouxe ao mundo centenas de vidas.

O RN+ Coração terá eixos importantes como: treinamento e qualificação das equipes de saúde que lidam com pré-natal de baixo e alto risco sobre fatores de risco relacionados à cardiopatia na infância e indicações de ecocardiograma fetal.  Treinamento e qualificação dos obstetras e ultrassonografistas da atenção básica na suspeição diagnóstica das cardiopatias congênitas na ultrassonografia morfológica e no acompanhamento pré-natal.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde Pública Cipriano Maia, o programa segue a tônica da gestão trabalhar em rede, com articulação com os municípios, buscando parcerias assertivas com a Amico. “A presença dos municípios é essencial nesse processo.O RN+ Coração supre uma lacuna que é o recém nascido ter o devido encaminhamento para o diagnóstico e o tratamento. Com a parceria bem sucedida com a Amico, haverá o investimento adequado no atendimento, começando no pré-natal, para antever o que pode acontecer no nascimento e intervir, se for necessário com o objetivo de salvar vidas”, disse Maia.

Além da elaboração em conjunto com a Sesap de material de divulgação com orientações, a Amico estará atuando em todas as etapas do programa. “Aproximadamente um quarto das crianças que nascem com cardiopatia apresentam cardiopatias críticas e necessitam de um procedimento paliativo ou corretivo seja feito ainda no primeiro ano de vida, ou muitas vezes nos primeiros dias de vida. As manifestações clínicas deste grupo de doenças, apesar de muito graves, podem não ser deflagradas nos primeiros dois dias de vida, que é a média de tempo que uma criança assintomática permanece na maternidade. Por isso esse projeto é tão importante e um marco em nosso estado. Estamos aqui para salvar vidas”, alertou Madson Vidal, presidente da AMICO.

No Brasil, de oito a dez bebês para cada mil nascidos vivos, possuem algum tipo de cardiopatia. A cada ano, são registrados 28.846 novos casos de cardiopatia no país. Destas, 20% terão cura espontânea, enquanto os demais provavelmente necessitarão de uma ou mais cirurgias cardíacas em algum momento da vida.

O RN+ Coração terá como pólos de atuação as unidades de saúde pública presentes em Natal, Macaíba, São José de Mipibu, Pau dos Ferros, Mossoró e Currais Novos, entre maternidades estaduais e municipais.

Estas cidades, de acordo com Larissa Araújo, subcoordenadora de Gestão da Educação na Saúde da Sesap, receberão em junho caravanas para realizar exames nas crianças e aulas práticas com os profissionais. O RN + CORAÇÃO na Estrada levará a estrutura da Amico de recursos humanos e tecnologia para as cidades.

Estiveram presentes ao evento os deputados estaduais Francisco Medeiros e Bernardo Amorim, a vereadora de Natal Júlia Arruda, as secretárias de Estado Maria Luiza Tonelli (Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos) e Iris Oliveira (Trabalho, Habitação e Assistência Social), Aurelan Araújo, presidente do Conselho Estadual de Saúde, e o cardiologista Raimundo Amorim, coordenador do projeto RN+Coração. Também participaram representantes dos municípios, gestores dos hospitais regionais e equipe técnica da Sesap.

Notícias mais lidas na semana.

AGRESTE: GRUPO POLÍTICO DE OPOSIÇÃO EM LAGOA D´ANTA DECLARA APOIO AO DEPUTADO RAIMUNDO FERNANDES

ENFERMEIRA PERDE CONTROLE DO CARRO E MORRE EM ACIDENTE NA BR-101, NA GRANDE NATAL

FOTOS E VÍDEO: PREFEITURA DE JUNDIÁ/RN REALIZA COMEMORAÇÃO AO DIA DAS MÃES

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA