PREFEITO JOSÉ ARNOR DE JUNDIÁ/RN AUTORIZOU PAGAMENTO DOS SERVIDORES DO MÊS DE JUNHO NESTA QUINTA (30)

Imagem
  O Prefeito Municipal de Jundiá, José Arnor, autorizou o pagamento do salário dos servidores efetivos, comissionados e contratados referente ao mês de JUNHO. Valores foram creditados nesta quinta-feira 30, de acordo com o setor de cada servidor. Isso mostra o compromisso mantido pela prefeitura, valorizando os servidores Com o pagamento dos salários, mais uma vez dentro do mês trabalhado. A gestão mostra a importância que os servidores públicos tem para o bom funcionamento da Administração Municipal, além de injetar dinheiro na economia local.

COMÉRCIO ESPERA INCREMENTAR VENDAS NO DIA LIVRE DE IMPOSTOS EM NATAL

 


Nesta quinta-feira, 2 de junho, os natalenses poderão adquirir produtos com até 70% de desconto, graças ao Dia Livre de Impostos (DLI),  promovido pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem) de todo Brasil. Na ação, produtos de tecnologia, roupas, gasolina e diversos outros itens serão comercializados sem o valor dos impostos. E para o comércio, a expectativa é de bons negócios. No grupo Rio Center, a estimativa é a de repetir o bom desempenho do ano passado, quando as vendas aumentaram em 800% durante o DLI.

O incremento está entre os 10 maiores faturamentos da história da ação em um único dia. Segundo Bruno Alcides, diretor executivo da Rio Center, a intenção é mostrar à população qual o impacto que a carga tributária tem sobre produtos e serviços.  “Se nós pensarmos apenas na carga que incide diretamente no nosso tipo de produto, estaremos falando de 27,25%, somente do ICMS, PIS e Cofins, sem considerar toda a carga que vem da indústria. Se somarmos todos os impostos, teremos um percentual maior ainda”, afirma. 

Para Alcides, experiências como a do ano passado demonstram que a redução da carga tributária contribui para o aumento das vendas sem que haja impactos na arrecadação do Governo. “O fomento ao DLI é para mostrar ao governo que a  diminuição do imposto não irá gerar queda na arrecadação, porque as vendas  serão tão maiores que recuperam essa arrecadação”, avalia.

“Com isso, a economia fica  muito mais forte, com uma circulação de produtos bem maior, assim como um volume de empregos melhor. Nós entendemos que o imposto caindo 50%, não geraria impacto nenhum na economia, pelo contrário”, detalha Bruno Alcides. O diretor executivo da Rio Center afirma que a função do DLI, portanto, é chamar a atenção do Governo para a necessidade de uma reforma tributária.

“Além de conscientizar a população para que ela entenda os custos que estão atrelados a um produto, a ação do Dia Livre de Impostos quer indicar aos governos que a economia pode  ser mais forte com uma carga tributária menor. E para que isso, de fato, se efetive, é necessário que a reforma tributária tão esperada há muitos anos, saia. A gente ainda não vê um norte para a reforma. Ela foi promessa de todos os últimos governos, mas ninguém conseguiu levá-la adiante”, afirma.

Cerca de 200 empresas devem participar 
No ano passado, diversos shoppings em todo o País e mais de 15 mil  varejistas participaram do Dia Livre de Impostos (DLI). O impacto em mídias espontâneas foi medido em R$ 12,1 milhões. Em 2022, a expectativa da CDL Jovem Natal é que aproximadamente 200 empresas façam parte do Dia Livre de Impostos em Natal.

O DLI é uma ação de conscientização das Câmaras de Dirigentes Lojistas Jovem de todo Brasil que compõe o sistema CNDL e com participação da sociedade contra as altas cargas tributárias e o baixo retorno dos impostos arrecadados em saúde, educação, transporte e segurança para população.

Os descontos chegam a 70% e correspondem aos impostos que incidem sobre as mercadorias. Os lojistas participantes arcam com os custos e abrem mão de margens de lucro para evidenciar o peso dos impostos para os compradores. O objetivo da ação é chamar atenção da sociedade e conscientizar lojistas e consumidores sobre o impacto da carga tributária nos preços dos produtos.

“O projeto DLI, que é liderado pela CDL Jovem local e nacional, busca tirar de cima do empresário a responsabilidade por preços altos de produtos e serviços e destacar que há uma elevada carga tributária envolvida. Com isso, buscamos trazer a população como um todo para somar forças e se engajar na busca por um sistema tributário mais justo. Um comércio pujante representa uma cidade pujante. O imposto não pode ser uma barreira para o desenvolvimento, mas sim, um aliado”, explica o presidente da CDL Jovem de Natal, Saulo Medeiros. 

Notícias mais lidas na semana.

"CORAÇÃO NORDESTINO" DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE É A CAMPEÃ DO FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS DE NOVA CRUZ-RN

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE NOVA CRUZ ESTÁ EM UMA SITUAÇÃO CADA VEZ MAIS COMPLICADA COM A JUSTIÇA E PARECE ESTAR FICANDO SEM SAÍDA

"MÉDICO DO POVO" , DR ESTÁCIO, É O NOME DO PSDB NO AGRESTE PARA DISPUTA DE UMA VAGA DE DEPUTADO FEDERAL

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA