IPEC: 50% ACHAM QUE LULA FARÁ UM GOVERNO ÓTIMO OU BOM

Imagem
  Pesquisa do instituto Ipec divulgada nesta quinta-feira (8) perguntou para os entrevistados sobre expectativas para o governo do presidente eleito, Luiz Inácio  Lula  da Silva (PT). O Ipec quis saber como as pessoas acham que será o governo. As respostas foram: Ótimo : 18% Bom : 32% Regular : 20% Ruim:  7% Péssimo:  18% Não sabe/ não respondeu:  5% O Ipec ouviu 2 mil pessoas em todo país do dia 1º ao dia 5 deste mês. O instituto também ouviu a população sobre a avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL).  39% avaliam como ótimo ou bom  e 36% como ruim ou péssimo. Outra pergunta foi se a equipe de Lula está no caminho certo ou errado, considerando o que vem anunciando e planejando até aqui. As respostas foram: Está no caminho certo : 58% Está no caminho errado:  33% Não sabe/ não respondeu:  9%

PESQUISADORES DO IMT-UFRN IDENTIFICAM DUAS NOVAS VARIANTES DA ÔMICRON EM NATAL

 


O Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o Laboratório Getúlio Sales Diagnóstico, em colaboração com o Instituto Butantan, observaram novas variantes da Ômicron, em amostras coletadas no município de Natal.

Com dados relativos ao mês de maio, a diretora do IMT-UFRN, Selma Jerônimo, avalia que as novas sublinhagens indicam ser mais transmissíveis, visto que houve um aumento no número de pessoas com covid-19 nas últimas semanas.

Parte da Rede Genômica, coordenada pelo Instituto Butantan, o estudo sequenciou e analisou amostras coletadas pelas Unidades de Saúde da Prefeitura de Natal e pelo IMT-UFRN, detectando a circulação das variantes Ômicron (BA.5-like) e Ômicron (BA.4-like). “O monitoramento das variantes é importante para que possamos entender melhor a biologia do vírus. Dessa forma, poderemos dar suporte a novas vacinas, por exemplo”, explicou a cientista Selma Jerônimo.

Do IMT-UFRN, participaram da análise Francisco Freire, Dayse Cunha e Diego Teixeira. A unidade acadêmica enviou os resultados do estudo à Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte e à Secretaria de Saúde de Natal. Conforme o ofício enviado às gestões estadual e municipal, “fica evidente, diante disso, que estudos contínuos de vigilância genômica são fundamentais para estudo da dispersão de novas linhagens do SARS-CoV-2 no Brasil e em outras localidades no mundo”.

Selma Jerônimo destacou ainda a importância da vacina, para evitar a forma grave da doença, bem como orientou sobre o uso de máscaras em locais fechados, além das demais medidas de biossegurança, como a higiene frequente das mãos.

Notícias mais lidas na semana.

COMISSÃO DO TRE-RN DÁ PARECER PELA REPROVAÇÃO DE CONTAS DA CAMPANHA WENDEL LAGARTIXA

VÍDEO: TORRE DESABA E ATINGE CASAS NA CIDADE DE BREJINHO, AGRESTE POTIGUAR

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA