VÍDEO: PREFEITO GUILHERME DÁ ORDEM DE SERVIÇO E OBRAS DE CALÇAMENTO INICIA NA COMUNIDADE DO MANDÚ, EM LAGOA DE PEDRAS/RN

Imagem
O Prefeito Guilherme Amâncio deu mais uma ordem de serviço e as obras de calçamento na comunidade do Mandú teve início. O trabalho segue firme em todo o município e esta importante obra é um pedido antigo da população. A via de grande extensão será calçada e em breve entregue a população, o prefeito esteve presente e acompanhou de perto o início dos trabalhos. Veja abaixo o vídeo: 

VACA DÁ À LUZ BEZERROS GÊMEOS DE SEXOS DIFERENTES NO MUNICÍPIO DE SERRINHA/RN

 

Vaca Colorau e seus dois bezerros — Foto: Reprodução/Inter TV Costa Branca

Uma vaca deu à luz bezerros gêmeos de sexos diferentes. Esse caso aconteceu no município de Serrinha, no interior do Rio Grande do Norte. De acordo com o criador, Renato Barbalho, essa foi a segunda vez que a vaca pariu mais de um bezerro na mesma gestação.

Os bezerros gêmeos foram batizados como Bono e Dora. Eles nasceram no dia 3 de junho. A mamãe, Colorau, é uma vaca da raça Jessy Holanda. De acordo com o proprietário, o animal foi adquirido em 2018 para a produção leiteira.

“Em 2021 ela pariu duas bezerras. Dessa vez, foi um bezerro e uma bezerra. Ou seja, duas vezes gêmeos”, conta o criador.

A fazenda dele fica na comunidade do Espinho, na zona rural do município de Serrinha. Segundo o criador, o parto foi difícil, mas a mamãe e as crias estão saudáveis. Apesar de já ter acontecido outra vez, Cleverson Melo, veterinário que cuida do rebanho, afirma que o episódio é incomum.

“Essa vaca já vem na sua segunda gestação gemelar. Não é muito comum ocorrer isso. Uma média de 1 a cada 300 partos. E tem um fato interessante, é que nessa segunda cria foi um macho e uma fêmea, então ocorre um fenômeno científico chamado de ‘freemartin’, aonde a fêmea tem características masculinas e é estéril”, explica

Após o nascimento, os animais passaram a receber cuidados ainda mais especiais. A alimentação da Colorau ganhou um reforço, com soja, torta de algodão, farelo de milho e sal mineral proteinado. Por dia a vaca chegava a produzir até 25 litros de leite. Mas agora, boa parte disso fica para a alimentação das crias.

“E essa é uma preocupação que o criador tem que ter no partos gemelares, em garantir que esses animais ingiram a quantidade suficiente de leite. Geralmente, a gente trabalha com a reserva de 10% do peso vivo de cada animal, mas é lógico que essa quantidade vai sendo ajustada à medida que o animal for crescendo”, explica o professor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), Jefferson Filgueira.

Um caso semelhante aconteceu no mês de abril no município de Currais novos. A vaca Rainha, da raça Holandesa, deu cria três bezerros de uma só vez. Em 3 gestações, ela teve 8 bezerros.

Segundo o professor Jefferson, esse fenômeno pode acontecer em animais de qualquer raça. No entendo, ele é mais comum em vacas com aptidão leiteira, porque está relacionado a questões hormonais. É possível que esses animais, se tiverem uma nova gestação, terão novamente mais de um bezerro.

“Essas vacas que recebem um aporte nutricional maior, que tem uma ingestão de matéria seca maior, elas tendem a ter partos gemelares com uma maior frequência do que as outras. E há uma relação entre a produção de leite, consumo de matéria seca e o hormônio progesterona para a ocorrência desses partos gemelares”, afirma o professor.

Notícias mais lidas na semana.

COMISSÃO DO TRE-RN DÁ PARECER PELA REPROVAÇÃO DE CONTAS DA CAMPANHA WENDEL LAGARTIXA

IGUALMENTE A TEREZINHA MAIA, TOMBA FARIA PODERÁ SER CASSADO

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA