APÓS ACUMULAR ALTA DE 80%, PREÇO DO LEITE COMEÇA A RECUAR

Imagem
  A fase mais crítica da disparada do preço do leite, que fez do produto o vilão da inflação e diminuiu sua presença nas prateleiras dos supermercados, está ficando para trás. A queda de preços no atacado que começa a ser registrada neste mês por causa da maior oferta e também do fim do período de seca já começa a trazer um alívio para o bolso do consumidor. Em julho, o leite subiu mais de 25% no varejo e acumulou alta de quase 80% no ano, segundo o IPCA, a medida oficial da inflação do País. Mas, desde o início de agosto até a última terça-feira, a cotação média do litro de leite no atacado de São Paulo já caiu quase 17%, de acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). “O pior momento de alta de preços acho que já passou”, afirma Samuel José de Magalhães Oliveira, pesquisador em economia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Gado de Leite. Ele pondera que o nível de preços anterior à pandemia não deve ser retomado, mas acredita que a

50,8% É A CAPACIDADE ATUAL TOTAL DA LAGOA DO BONFIM, DIZ IGARN

 


O Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta segunda-feira (18), indica que a lagoa do Bonfim, localizada em Nísia Floresta, acumula 43.133.150 m³, percentualmente, 51,19% da sua capacidade total, que é de 84.268.200 m³. No último relatório divulgado no dia 11 de julho, o manancial estava com 42.806.841 m³, correspondentes a 50,8% da sua capacidade total.

A lagoa de Extremoz continua com 100% da sua capacidade, que é de 11.019.525 m³. Já a lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, acumula 10.944.058 m³, equivalentes a 98,82% da sua capacidade total, que é de 11.074.800 m³.

As reservas hídricas superficiais totais do RN somam 2.393.220.863 m³, equivalentes a 54,68% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³. No dia 11 de julho, as reservas hídricas acumulavam 2.399.425.842 m³, percentualmente, 54,82% da sua capacidade total.

A barragem Tabatinga, localizada em Macaíba, acumula 27.438.187 m³, correspondentes a 30,54% da sua capacidade total, que é de 89.835.678 m³. No último relatório divulgado, o reservatório estava com 25.979.296 m³, equivalentes a 28,92% da sua capacidade total.

A barragem de Poço Branco acumula 35.509.654 m³, percentualmente, 26,11% da sua capacidade total, que é de 136.000.000 m³. Na segunda-feira da semana passada, o manancial estava com 34.920.081 m³, correspondentes a 25,68% da sua capacidade total.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.523.151.793 m³, equivalentes a 64,18% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No dia 11 de julho, o manancial estava com 1.527.215.137 m³, percentualmente, 64,36% da sua capacidade total.

A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior manancial do RN, acumula 263.673.240 m³, correspondentes a 43,97% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. No último relatório divulgado, o manancial estava com 265.359.680 m³, equivalentes a 44,25% da sua capacidade total.

Para saber sobre os volumes de outras barragens do RN acesse: http://sistemas.searh.rn.gov.br/monitoramentovolumetrico.

Notícias mais lidas na semana.

PESQUISA SETA/BANDRN MOSTRA INTENÇÃO DE VOTO DOS MOSSOROENSES PARA O GOVERNO DO ESTADO; CONFIRA RESULTADO

LAGOA DE PEDRAS (RN): PREFEITO GUILHERME AMÂNCIO GANHA EM ÚLTIMA INSTÂNCIA E SEGUE NO CARGO ATÉ FINAL DO MANDATO

TENTATIVA DE FUGA É FRUSTADA EM PENITENCIÁRIA NA GRANDE NATAL

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO