POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO NO RN POR EXTORSÃO CONTRA MAIS DE 3.000 MULHERES

Imagem
  Policiais civis da 71ª Delegacia de Polícia (Patu) deram cumprimento, nesta segunda-feira (15), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Matheus Fernandes Alves, 27 anos. Ele, detido na cidade de Caucaia, no estado do Ceará, é investigado pela suspeita da prática do crime de extorsão, na cidade de Patu, via Instagram, no mês de março deste ano. Matheus Fernandes recorreu a um aplicativo pirata para encontrar aleatoriamente as suas vítimas e, após isso, passava a extorqui-las por meio das redes sociais. Segundo as investigações, o suspeito contactava a vítima se passando por um “hacker”, que se dizia contratado por um terceiro para resgatar os arquivos dela e, posteriormente, expor fotos pessoais de caráter íntimo, caso a vítima não realizasse a chamada de vídeo. Com a investigação da 71ª DP, conseguiu-se chegar a autoria do delito, motivo pelo qual foi expedido mandado de prisão em desfavor dele. O mandado foi expedido pela Vara Única da Comarca de Patu, do Tribunal de Justiç

CAIXA PAGOU MAIS DE R$ 10 MILHÕES DE REAIS APENAS EM VIAGENS FEITAS PELO EX-PRESIDENTE DO BANCO

 


Após as várias acusações de assédio sexual e moral contra Pedro Guimarães, o ex-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), terem se tornado públicas, uma série de questões polêmicas, ligadas a gestão dele frente ao banco, também foram expostas. A mais nova polêmica envolve o custo de viagens que Pedro Guimarães fez pelo país para o lançamento do programa “Caixa Mais Brasil. Ao todo, as viagens custaram mais de R$ 10 milhões de reais aos cofres da Caixa Econômica.

Os dados enviados pela Caixa ao Congresso Nacional, relatam as despesas de 102 viagens. O ex-presidente da caixa, acompanhado de suas grandes comitivas, gastou um total de R$ 1,9 milhão de reais, entre janeiro de 2019 e junho de 2022, apenas com hospedagens fora do país. Na lista aponta que, em apenas uma viagem para Mossoró, no Rio Grande do Norte, foram gastos R$ 52 mil reais. A viagem durou apenas um dia.

O detalhe dessa questão é que, na lista de passageiros de cada viagem de Guimarães, são quase os mesmos convidados. Dentre eles, ex-executivos do banco também investigados por assédio estão presentes em muitas viagens. As mulheres, em muitos casos, eram maioria no grupo ou estavam em número equivalente ao de companheiros de Guimarães nas agendas.

Essas viagens estão no centro das denúncias de assédio sexual contra Guimarães, pois as servidoras da Caixa que acompanhavam o banqueiro revelaram ao MPF que era nesses programas que muitas situações de assédio ocorriam. Os gastos com cada viagem, segundo a Caixa, variaram de 60.000 reais a 190.000 reais a depender da localidade visitada por Guimarães. A estrutura dessas agendas, em diferentes casos, contava com carros blindados para o ex-banqueiro.

Com informações, 96 FM.

Notícias mais lidas na semana.

R$ 25 BILHÕES DO PIS/PASEP ESTÃO PARADOS NO BANCO; SAIBA QUEM PODE SACAR

PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL DIZ QUE CARTÃO DE CRÉDITO DEIXARÁ DE EXISTIR

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO