11 CIDADES DO RN SUSPENDEM VACINAÇÃO CONTRA A COVID DE CRIANÇAS DE 3 A 5 ANOS POR FALTA DE CORONAVAC

Imagem
  Pelo menos 11 cidades do Rio Grande do Norte suspenderam a vacinação contra a Covid de crianças de 3 a 5 anos por falta de Coronavac. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). De acordo com a Sesap, não há previsão de chegada de mais doses da vacina. No dia 13 de julho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a aplicação da vacina em crianças de 3 a 5 anos. Antes disso, as crianças de 5 anos só podiam receber a vacina da Pfizer; as de 3 e 4 não podiam ser imunizadas. No RN, os municípios que suspenderam a vacinação são: Vera Cruz Montanhas Serra de São Bento Tibau do Sul Lajes Pintadas Lagoa de Velhos Senador Elói de Souza Jaçanã Japi Parnamirim No Rio Grande do Norte a vacinação de crianças de 3 a 5 anos começou no dia 18 de julho por Natal, Mossoró e Parnamirim. À época, a Sesap informou que o RN não tinha doses suficientes de CoronaVac para vacinação de crianças entre 3 e 5 anos de idades. G1 RN

EXERCÍCIO SÓ NO FIM DE SEMANA OU TODO DIA TÊM MESMO EFEITO, DIZ ESTUDO

 


Uma pesquisa publicada na revista científica Jama Network concluiu que não existe diferença na longevidade de pessoas que praticam exercícios somente aos fins de semana em comparação com aquelas que distribuem as atividades ao longo dos dias. A conclusão do estudo indica que, independente da frequência ou dos horários, o importante é realizar em média 150 minutos de exercícios moderados a intensos semanalmente.

A pesquisa foi realizada por cientistas chineses ao longo de uma década e contou com a participação de cerca de 350 mil voluntários norte-americanos que tinham idade média de 41 anos no início das observações.

Os participantes foram divididos em três grupos de acordo com seus hábitos de exercício: se realizavam duas horas e meia em um ou dois dias, três ou mais, ou sequer praticavam esse tempo de atividades físicas ao longo da semana.

Os pesquisadores acompanharam os indivíduos e observaram que os atletas de fim de semana tiveram 8% menos de chance de morte quando comparados às pessoas que não realizavam 150 minutos de exercícios semanais.

O estudo sugere que os minutos ativos acumulados são mais importantes para a saúde do que o período no qual os exercícios são realizados. “O mais importante é praticar atividade física”, comentou a enfermeira cardíaca Joanne Whitmore, da British Heart Foundation, ao jornal inglês Daily Mail. “As atividades podem ser uma caminhada intensa, pedalar ou nadar, e elas podem ser divididas ao longo do dia ou realizadas com picos, para ficarem mais suportáveis”, acrescentou.

Com informações do Metrópoles

Notícias mais lidas na semana.

R$ 25 BILHÕES DO PIS/PASEP ESTÃO PARADOS NO BANCO; SAIBA QUEM PODE SACAR

PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL DIZ QUE CARTÃO DE CRÉDITO DEIXARÁ DE EXISTIR

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO