REAJUSTE NO SALÁRIO DOS SERVIDORES E MAGISTRADOS DA JUSTIÇA É APROVADO NO STF

Imagem
  Supremo Tribunal Federal. Foto: Marcello Casa JR / Agência Brasil Nesta quarta-feira, 10, aconteceu uma sessão administrativa, onde, ministros do STF votaram a proposta de  18% no reajuste do salário dos servidores e magistrados da Justiça. A proposta foi votada por sete ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Dessa maneira, o valor que a corte suprema passará a receber será de R$ 46 mil por mês. Por servir como teto para os salários de todo o funcionalismo público, sempre que a remuneração dos ministros do Supremo é reajustada, tem o potencial de gerar efeito cascata, com impacto também no orçamento do Executivo e do Legislativo. Um aumento voltado para os servidores do Poder Judiciário, com o mesmo valor percentual, também foi votado pelos ministros. O responsável por marcar a votação foi Luiz Fux, presidente do STF. Os ministros também votaram um aumento com o mesmo porcentual para os servidores do Poder Judiciário. O reajuste ainda passará por votação no Congresso após ser a

METADE DOS EMPREGOS COM CARTEIRA ASSINADA NO BRASIL ESTÁ CONCENTRADA EM 65 CIDADES

 


O maior número de profissionais ocupados no Brasil desde 2012 não reflete na chegada das vagas formais para todos os trabalhadores. Entre os 41,7 milhões de posto de trabalho com carteira assinada contabilizados em maio, pouco mais da metade está presente em 65 dos 5.571 municípios registrados no país.

Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) coloca a cidade de São Paulo (SP) como o destaque da lista, com 10,7% dos vínculos celetistas no Brasil. Na sequência, aparecem o Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Curitiba (PR). Juntas, as cinco capitais respondem por um de cada cinco postos formais do Brasil.

Por outro lado, são necessárias 5.098 cidades entre as que menos empregam formalmente para preencher a mesma quantidade das cinco líderes do ranking. Todas elas têm menos de 0,03% do estoque total de vagas com carteira assinada.

Há, inclusive, municípios com saldo negativo de postos CLT. Segundo o Ministério do Trabalho, os casos “podem ocorrer em cidades com baixos estoques de emprego formal quando empresas registram desligamentos de trabalhadores que não tiveram admissão registrada previamente”.

R7

Notícias mais lidas na semana.

CRIMINOSOS INVADEM MUNICÍPIO, ATACAM DELEGACIA A TIROS E EXPLODEM COFRE DE POSTO DE COMBUSTÍVEIS EM SÍTIO NOVO/RN

TRAGÉDIA: DOIS MORREM E DOIS FICAM FERIDOS APÓS TIROTEIO EM FESTA NO RN

EM NATAL, BANDIDOS EXPLODEM POSTO DE COMBUSTÍVEIS NO BAIRRO PLANALTO

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA