POTIGUAR CONQUISTA MEDALHA DE OURO NO PAN-AMERICANO DE SURFE

Imagem
  O potiguar Mateus Sena conquistou a medalha ouro nas finais da 15º edição dos Jogos  Pan-americano de Surf que ocorreram neste sábado (13). O surfista estava na disputa desde o dia 7 de agosto,  quando começaram as competições do evento no Panamá. Nas oitavas de final, que aconteceram na sexta (12), ele somou 11.26 e avançou em segundo, ao lado do peruano  Miguel Tudela que alcançou 15 pontos. A caminhada do surfista pelo ouro não foi fácil. Durante as quartas de finais, por exemplo, ele destacou as dificuldades enfrentadas na bateria. “Essa bateria era muito difícil, com dois atletas do Challenge Series, um que foi WCT esse ano, atletas que eu tenho muita admiração, então é sempre bom fazer essas baterias porque eles me colocam realmente no meu melhor nível”, disse Mateus Sena. Outro ponto que chamou a atenção do público na performance do potiguar, durante o Pan-americano, foram os aéreos presentes em todas as baterias. Segundo ele, a manobra é uma das suas preferidas e possui ligaç

NATAL REGISTRA AUMENTO DE ADOLESCENTES QUE TIVERAM CONTATO COM BEBIDAS ALCOÓLICAS EM IDADE ESCOLAR


O consumo de bebidas alcoólicas entre adolescentes e pré-adolescentes é cada vez mais comum em Natal e cresceu de cerca de 49% em 2012 para 55% em 2019. O percentual foi maior entre as meninas, que saíram de 51% em 2012 para 59% em 2019. Para os meninos, o indicador foi de 47% em 2012 para quase 51% em 2019. Os dados constam na Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE 2009-2019), divulgada nesta sexta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Quando analisadas as dependências administrativas das instituições de ensino, o contato com bebidas alcoólicas por parte de estudantes de escolas públicas é bem maior quando comparado com os de instituições particulares.

Em 2012, 50% dos estudantes das escolas públicas disseram ter consumido bebidas alcoólicas pelo menos uma vez; em 2019, esse percentual subiu para 60%. Nas escolas particulares, houve uma redução de 2% entre 2012 (48%) e 2019 (46%).

Interesse pelo cigarro

Os estudantes natalenses entre 13 e 15 anos têm experimentado menos o cigarro. Em 2009, 19,3% dos jovens natalenses disseram ter experimentado cigarro ao menos uma vez. Em 2012, esse percentual chegou ao seu menor índice, alcançando 12,9%.

Em 2019, embora tenha ocorrido um aumento para 16,7%, Natal figurou como a terceira capital no Nordeste e no Brasil onde os jovens menos experimentavam o cigarro.

Tal como observado com as bebidas alcoólicas, quando analisadas as dependências administrativas das instituições de ensino, o primeiro contato com o cigarro por parte de estudantes de escolas públicas é bem maior quando comparado com os de instituições particulares.

Portal da Tropical 


Notícias mais lidas na semana.

CRIMINOSOS INVADEM MUNICÍPIO, ATACAM DELEGACIA A TIROS E EXPLODEM COFRE DE POSTO DE COMBUSTÍVEIS EM SÍTIO NOVO/RN

TRAGÉDIA: DOIS MORREM E DOIS FICAM FERIDOS APÓS TIROTEIO EM FESTA NO RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO