REAJUSTE NO SALÁRIO DOS SERVIDORES E MAGISTRADOS DA JUSTIÇA É APROVADO NO STF

Imagem
  Supremo Tribunal Federal. Foto: Marcello Casa JR / Agência Brasil Nesta quarta-feira, 10, aconteceu uma sessão administrativa, onde, ministros do STF votaram a proposta de  18% no reajuste do salário dos servidores e magistrados da Justiça. A proposta foi votada por sete ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Dessa maneira, o valor que a corte suprema passará a receber será de R$ 46 mil por mês. Por servir como teto para os salários de todo o funcionalismo público, sempre que a remuneração dos ministros do Supremo é reajustada, tem o potencial de gerar efeito cascata, com impacto também no orçamento do Executivo e do Legislativo. Um aumento voltado para os servidores do Poder Judiciário, com o mesmo valor percentual, também foi votado pelos ministros. O responsável por marcar a votação foi Luiz Fux, presidente do STF. Os ministros também votaram um aumento com o mesmo porcentual para os servidores do Poder Judiciário. O reajuste ainda passará por votação no Congresso após ser a

PRÉVIA DA INFLAÇÃO DE JULHO É DE 0,13% , A MENOR DESDE JUNHO DE 2020

 


É de 0,13% a variação do IPCA-15 de julho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15, medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada nesta terça-feira (26). Ela está 0,56 p.p. (ponto percentual) abaixo da taxa registrada em junho, de 0,69%.

Essa é a menor variação mensal do índice desde junho de 2020, quando ele chegou a 0,02%. As maiores quedas foram nos grupos Transportes, de 1,08%, e Habitação, de 0,78%, que contribuíram conjuntamente com redução de 0,36 p.p. no índice do mês.

No ano, o IPCA-15 acumula alta de 5,79% e, em 12 meses, de 11,39%, ficando abaixo dos 12,04% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em julho de 2021, a taxa foi de 0,72%.

Houve variações positivas em seis dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados. O maior impacto, de 0,25 p.p., veio de Alimentação e bebidas, que registrou variação de 1,16% no mês, uma aceleração de 0,25% em relação a junho. Já a maior variação, de 1,39%, veio de Vestuário, que acumula alta de 11,01% no ano.

Os demais grupos ficaram entre a queda de 0,05% em Comunicação e a alta de 0,79% em Despesas pessoais.

R7

Notícias mais lidas na semana.

CRIMINOSOS INVADEM MUNICÍPIO, ATACAM DELEGACIA A TIROS E EXPLODEM COFRE DE POSTO DE COMBUSTÍVEIS EM SÍTIO NOVO/RN

TRAGÉDIA: DOIS MORREM E DOIS FICAM FERIDOS APÓS TIROTEIO EM FESTA NO RN

EM NATAL, BANDIDOS EXPLODEM POSTO DE COMBUSTÍVEIS NO BAIRRO PLANALTO

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA