LULA DIZ QUE NÃO DARÁ AUTORIZAÇÕES PARA PESQUISAS MINERAIS EM ÁREAS INDÍGENAS

Imagem
  O presidente Luiz Inácio  Lula  da Silva (PT) afirmou nesta segunda-feira (30) que o governo não vai mais conceder novas autorizações para pesquisas minerais em áreas indígenas. O petista também voltou a afirmar que colocará fim ao garimpo ilegal em territórios indígenas, como o dos Yanomami – que vêm enfrentando uma grave crise de saúde em razão do avanço da atividade garimpeira. Lula deu as declarações ao ser questionado sobre as medidas que o governo federal tomará para expulsar cerca de 20 mil garimpeiros que exploram florestas e rios onde vivem os indígenas. A pergunta foi feita durante coletiva de Lula com o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz – após encontro entre os dois no Palácio do Planalto. "Temos que parar com a brincadeira, não terá mais garimpo. O governo brasileiro vai tirar e acabar com qualquer garimpo a partir de agora. E não vai haver mais, por parte da agência de minas e energia, autorização para alguém fazer pesquisa em qualquer área indígena", disse Lu

DEFINIDOS OS TEMPOS DE PROPAGANDA DE RÁDIO E TV PARA OS PRESIDENCIÁVEIS; VEJA



O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou qual será o tempo de cada candidato à presidência da República na propaganda eleitoral do rádio e televisão, que começa na próxima semana. Com base nas composições partidárias e representatividade das legendas no Congresso Nacional, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o candidato que passará mais tempo na rádio e televisão, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Pelos cálculos do TSE, Lula terá 3 minutos e 16 segundos de campanha na TV. O petista conta com o apoio de 141 deputados dos partidos PSB, Solidariedade, PSOL, Rede, Avante, Agir, PROS, PC do B e PV.

Jair Bolsonaro, que tem 101 deputados eleitos com PL, PP e Republicanos, partidos que apoiam sua candidatura, terá 2 minutos e 40 segundos de propaganda eleitoral.

Simone Tebet (MDB) é a terceira do ranking, com 2 minutos e 16 segundos, já que ela conta com apoio de 88 deputados das coligações do MDB, PSDB, Podemos e Cidadania. 

Soraya Thronicke (União Brasil) terá 2 minutos e 7 segundos, pois o União Brasil, sozinho, tem 81 deputados eleitos. Outro candidato que está sem coligação, mas com uma bancada menor, é Ciro Gomes (PDT). Com 28 deputados pedetistas, Ciro terá somente 50 segundos de propaganda. 

Como é realizado o cálculo?
Os minutos reservados ao horário eleitoral são distribuídos da seguinte forma: 90% são proporcionais ao tamanho da bancada de deputados do partido eleita em 2018 ou chapa dos candidatos, e os 10% restantes são repartidos de forma igualitária.

Às terças-feiras, quintas-feiras e sábados, os candidatos à Presidência terão 25 minutos por dia, divididos em duas janelas, para a exibição de suas propagandas na TV e no rádio. O tempo é distribuído entre os candidatos. As propagandas dos candidatos aos demais cargos são exibidas nos horários eleitorais dos demais dias da semana.

O horário eleitoral gratuito será exibido às 13h e às 20h nos canais de televisão. Nas emissoras de rádio, as exibições são feitas às 7h e às 12h.

Além disso, os partidos têm direito às inserções avulsas, ou “pílulas”, de 30 a 60 segundos distribuídas durante a programação. Os veículos reservarão 14 minutos diários, entre as 5h e a meia-noite, para que os presidenciáveis veiculem os materiais.


Notícias mais lidas na semana.

[ VÍDEOS ] INDIGNADA, POPULAÇÃO DE JUNDIÁ/RN PROTESTA CONTRA VEREADORES DA OPOSIÇÃO SOBRE PROJETO DOS CONTRATOS

VÍDEO: ACIDENTE DEIXA DOIS MORTOS E VÁRIOS FERIDOS GRAVES NA BR-101, NO RN

NOITE DE TERROR: BANDIDOS FAZEM SEQUESTRO E ATIRAM CONTRA VIATURA DA PM NO RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%