"É APENAS UMA PRORROGAÇÃO", DIZ LULA SOBRE O 2º TURNO

Imagem
  O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que sua ida ao 2º turno das eleições presidenciais é “apenas uma prorrogação” e conclamou seus principais aliados a continuar trabalhando “até a vitória final”. Em pronunciamento na noite deste domingo (2.out.2022), o petista afirmou que terá a “chance” de debater diretamente com seu oponente Jair Bolsonaro (PL) e disse que trabalhará para ampliar suas alianças. “Durante toda essa campanha, a gente esteve na frente nas pesquisas de opinião pública de todos os institutos, mesmo aqueles que não queriam que a gente ganhasse, colocavam a gente em 1º lugar. E eu sempre achei que a gente ia ganhar essas eleições. Eu quero dizer para vocês que nós vamo ganhar essas eleições. Isso para nós é apenas uma prorrogação”, disse. O petista teve 57.256.053 votos – 48,43% dos votos válidos (sem considerar brancos, nulos e abstenções) e não conseguiu encerrar o pleito no 1º turno, como planejava. Na tentativa de se reeleger, Bolsonaro teve 51.070.95

EM NATAL, ZONA NORTE LIDERA INCIDÊNCIA DE ROUBOS, HOMICÍDIOS E CRIMES DE LESÃO CORPORAL

 

REPRODUÇÃO    

Em números absolutos, a Zona Norte de Natal concentrou a maior incidência de roubos, homicídios e crimes de lesão corporal praticados na capital potiguar em 2021, de acordo com dados do Relatório Anual sobre Crime e Violência no Município de Natal (2020-2021), divulgado no mês passado.

A região, uma das quatro Zonas Administrativas, foi a líder isolada em homicídios registrados no ano passado: entre os 194 assassinatos em toda a cidade, a Zona Norte teve um índice de 56,2%, ou seja, um total de 109 homicídios.

Dos 5.671 roubos ocorridos na capital potiguar em 2021, a Zona Norte obteve 31% dos crimes; seguida pela Zona Sul, com 30%; Zona Oeste, com 21,1%; e Zona Leste, com 17.8%. Quanto aos crimes de lesão corporal, do total de 4.358, a Zona Norte teve 40,3% dos registros; a Zona Oeste, 27.5%; a Zona Sul, 20%; e por fim, a Zona Leste, com 12.1%.

A Zona Norte “perdeu a liderança” em dois tipos de crimes no ano passado: tráfico de drogas e feminicídio. No tráfico de drogas, a Zona Oeste teve a maior incidência: dos 1.408 crimes, registrou uma taxa de 32%. A Zona Norte aparece em seguida, com 28.7%; a Zona Leste, teve 21.6% e a Zona Sul, 17.8%.

Dos cinco feminicídios registrados em Natal no ano de 2021, de acordo com o relatório, dois foram na Zona Leste, dois na Zona Oeste e um na Zona Norte.

O relatório aponta ainda que Natal teve um aumento de 3,98% na incidência de crimes, em números absolutos, em comparação a 2020 – excetuando-se o crime de homicídio doloso, que sofreu uma redução de 13%.

O documento é do Observatório de Segurança Pública de Natal, parte da estrutura do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), com dados da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE) da Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed-RN) e da Guarda Municipal de Natal.

Manchas criminais: incidência por bairros

Quanto às manchas criminais nos bairros, é possível observar um destaque para Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte, como uma das localidades que apresentam maior incidência criminal. Em todos os tipos de crimes analisados no relatório, o bairro aparece sempre como o líder ou como segundo colocado.

Dona de 56,2% de todos os homicídios notificados da capital, a Zona Norte tem cinco de seus bairros ocupando os primeiros lugares na lista de maior ocorrência do crime: Pajuçara, com 24 ocorrências; Nossa Senhora da Apresentação, 23 ocorrências; Redinha e Lagoa Azul, com 19 ocorrências cada; e Igapó, com 14 ocorrências.

No que diz respeito a roubo a pessoas, os primeiros lugares da lista são: Potengi e Nossa Senhora da Apresentação (Zona Norte), com 206 ocorrências cada; Ponta Negra (Zona Sul), com 195 ocorrências; Lagoa Nova (Zona Sul), com 185 ocorrências; e Lagoa Azul (Zona Norte), 125 ocorrências.

Em relação a roubo de veículos, aparecem em destaque: Lagoa Nova (Zona Sul), com 176 ocorrências; Nossa Senhora da Apresentação (Zona Norte), com 152 ocorrências; Alecrim (Zona Leste), com 108 ocorrências; Pitimbu (Zona Sul), com 84 ocorrências; e Potengi (Zona Norte), com 81 ocorrências.

Sobre roubos a estabelecimentos comerciais, aparecem em destaque: Lagoa Nova (Zona Sul) e Nossa Senhora da Apresentação (Zona Norte), com 38 ocorrências cada; Planalto (Zona Oeste), Alecrim (Zona Leste), e Potengi (Zona Norte), com 28 ocorrências cada.

Em crimes de roubos a residências, os bairros em destaque são: Lagoa Nova (Zona Sul), com 15 ocorrências; Nossa Senhora da Apresentação (Zona Norte) e Pitimbu (Zona Sul), com 13 ocorrências cada; Planalto (Zona Oeste), com 12 ocorrências; e Neópolis (Zona Sul), com 11 ocorrências.

No tráfico de drogas, os bairros com maior incidência apontados pelo relatório são: Nossa Senhora da Apresentação (Zona Norte), com 64 ocorrências; Ponta Negra (Zona Sul), com 60 ocorrências; Cidade da Esperança (Zona Oeste), com 59 ocorrências; Planalto (Zona Oeste), com 54 ocorrências; e Lagoa Azul (Zona Norte), com 43 ocorrências.

Em crimes de lesão corporal, os bairros em destaque são: Nossa Senhora da Apresentação (Zona Norte), com 143 ocorrências; Ponta Negra (Zona Sul), com 137 ocorrências; Pajuçara (Zona Norte), com 127 ocorrências; Potengi (Zona Norte), com 122 ocorrências; e Lagoa Azul (Zona Norte), com 103 ocorrências.

Por fim, os bairros com maiores ocorrências de violência doméstica são: Nossa Senhora da Apresentação (Zona Norte), com 324 ocorrências; Pajuçara (Zona Norte), com 249 ocorrências; Planalto (Zona Oeste) e Lagoa Azul (Zona Norte), com 212 ocorrências cada; e Ponta Negra (Zona Sul), com 172 ocorrências.

Levantamentos ajudam a direcionar ações de combate

As considerações feitas a partir do relatório do Observatório de Segurança podem direcionar ações destinadas à diminuição da incidência da violência nas diferentes localidades de Natal. O delegado Márcio Lemos aponta que medidas como realocação de efetivo são tomadas utilizando essas pesquisas como base. (*Supervisão da jornalista Nathallya Macedo).

Notícias mais lidas na semana.

NO RN, LULA ABRE MAIS DE 32 PONTOS DE VANTAGEM SOBRE BOLSONARO

PESQUISA EXATUS: FÁTIMA CHEGA A 46,50%; FÁBIO DANTAS 12,55% E STYVENSON 11,15%

PESQUISA CONSULT: FÁTIMA LIDERA COM 43,11%, FÁBIO DANTAS TEM 17,83% E STYVENSON 17%

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA