APÓS ACUMULAR ALTA DE 80%, PREÇO DO LEITE COMEÇA A RECUAR

Imagem
  A fase mais crítica da disparada do preço do leite, que fez do produto o vilão da inflação e diminuiu sua presença nas prateleiras dos supermercados, está ficando para trás. A queda de preços no atacado que começa a ser registrada neste mês por causa da maior oferta e também do fim do período de seca já começa a trazer um alívio para o bolso do consumidor. Em julho, o leite subiu mais de 25% no varejo e acumulou alta de quase 80% no ano, segundo o IPCA, a medida oficial da inflação do País. Mas, desde o início de agosto até a última terça-feira, a cotação média do litro de leite no atacado de São Paulo já caiu quase 17%, de acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). “O pior momento de alta de preços acho que já passou”, afirma Samuel José de Magalhães Oliveira, pesquisador em economia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Gado de Leite. Ele pondera que o nível de preços anterior à pandemia não deve ser retomado, mas acredita que a

LEI OBRIGA INCLUSÃO DE OBRAS DE AUTORES POTIGUARES NAS ESCOLAS DO RN

 


A literatura potiguar vai estar presente nas escolas das redes estadual e particular de ensino no Rio Grande do Norte. O Governo do Estado sancionou, nesta sexta-feira (5), lei que obriga as escolas a utilizarem as obras dos autores do estado em suas atividades interdisciplinares.

A lei, de autoria do deputado estadual Francisco do PT, visa preservar a identidade cultural e a literária regional dentro da sala de aula, apoiando o patrimônio estadual. Na opinião do justificativa da proposta, o deputado defendeu que a produção em sala de aula, voltada ao estudo e desenvolvimento de obras literarias potiguares, torna-se imprescindível para a construção de conhecimento e expansão dos projetos socioculturais literarios.

Segundo Francisco do PT, o estado já vem implementando ações que apoiam a literatura potiguar e incentiva os escritores do Rio Grande do Norte. Dentre essas iniciativas está o RN Literário, projeto que fomenta a cultura do livro na rede estadual de ensino, assegurando e fortalecendo a democatrização da acessibilidade aos livros e à literatura.


"Entendemos que não existe espaço mais oportuno para o ensino e difusão de informações acerca da Literatura Potiguar que as escolas. É em razão disso que apresentamos o presente Projeto de lei, objetivando a inserção de conteúdos relacionados à essa na rede estadual de ensino", disse o deputado

Para entrar em vigor, caberá ao Poder Executivo a regulamentação específica e estabelecimento de diretrizes para que as obras passem a fazer parte, obrigatoriamente, do cotidiano das escolas no estado.

Notícias mais lidas na semana.

PESQUISA SETA/BANDRN MOSTRA INTENÇÃO DE VOTO DOS MOSSOROENSES PARA O GOVERNO DO ESTADO; CONFIRA RESULTADO

LAGOA DE PEDRAS (RN): PREFEITO GUILHERME AMÂNCIO GANHA EM ÚLTIMA INSTÂNCIA E SEGUE NO CARGO ATÉ FINAL DO MANDATO

TENTATIVA DE FUGA É FRUSTADA EM PENITENCIÁRIA NA GRANDE NATAL

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO