APÓS ACUMULAR ALTA DE 80%, PREÇO DO LEITE COMEÇA A RECUAR

Imagem
  A fase mais crítica da disparada do preço do leite, que fez do produto o vilão da inflação e diminuiu sua presença nas prateleiras dos supermercados, está ficando para trás. A queda de preços no atacado que começa a ser registrada neste mês por causa da maior oferta e também do fim do período de seca já começa a trazer um alívio para o bolso do consumidor. Em julho, o leite subiu mais de 25% no varejo e acumulou alta de quase 80% no ano, segundo o IPCA, a medida oficial da inflação do País. Mas, desde o início de agosto até a última terça-feira, a cotação média do litro de leite no atacado de São Paulo já caiu quase 17%, de acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). “O pior momento de alta de preços acho que já passou”, afirma Samuel José de Magalhães Oliveira, pesquisador em economia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Gado de Leite. Ele pondera que o nível de preços anterior à pandemia não deve ser retomado, mas acredita que a

MÊS DE AGOSTO TERÁ MAIS DIAS ENSOLARADOS E MAIOR CIRCULAÇÃO DE VENTOS, APONTA EMPARN

 


O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou ocorrência de chuvas em 65 municípios nesta segunda-feira 1, primeiro dia do mês de agosto. Climatologicamente, a partir deste mês ocorre a diminuição do volume de chuvas no estado, os dias são mais ensolarados e há aumento da circulação e da intensidade dos ventos.

“Com a chegada do inverno no hemisfério Sul, o centro de alta pressão localizado no centro do Atlântico Sul faz com que os ventos cheguem no Nordeste com mais intensidade, condição que não favorece a formação de nuvens de chuvas. Até meados de outubro o potiguar deverá vivenciar o aumento dos ventos e as temperaturas mais amenas”, explicou o chefe da unidade instrumental de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

A previsão da semana é de ocorrência de pancadas de chuva praticamente todos os dias durante as madrugadas e início das manhãs. “As chuvas poderão aumentar um pouco entre a quarta e quinta-feira, sempre no período noturno e começo das manhãs, momento onde se tem a influência do sistema de brisa. Com a atuação desse sistema, o vento que transporta e distribui a umidade para o território e favorece a formação de nuvens de chuva e até a diminuição da temperatura”, comentou Bristot.

Balanço do final de semana

O último final de semana de julho registrou chuvas de baixa intensidade em todas as regiões do estado. O Sistema de Monitoramento da Emparn registrou o maior volume em Campo Redondo (Agreste Potiguar) com 36,6mm seguido por Carnaubais (Oeste Potiguar) com 34.6mm, Pureza (Leste Potiguar) e Caiçara do Norte (Agreste Potiguar), cada um com 22.2mm.

“As condições meteorológicas favoráveis- com as águas mais aquecidas dos Oceano Atlântico associada a atuação do vento carregando a umidade para o território, por exemplo, provocaram as chuvas do final de semana no estado”, comentou.

Previsão da semana dia a dia

01/08/22 – segunda-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de pancadas de chuva no Litoral e Agreste.

02/08/22 – terça-feira – Céu parcialmente nublado com possibilidade de pancadas de chuva em todas as regiões.

03/08/22 – quarta-feira – Céu parcialmente nublado com possibilidade de pancadas de chuva em todas as regiões.

04/08/22 – quinta-feira – Céu parcialmente nublado com possibilidade de pancadas de chuva em todas as regiões.

05/08/22 – sexta-feira – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões.

06/08/22 – sábado – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões, com possibilidade de pancadas de chuva no Litoral e Agreste.

07/08/22 – domingo – Céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões.

Notícias mais lidas na semana.

PESQUISA SETA/BANDRN MOSTRA INTENÇÃO DE VOTO DOS MOSSOROENSES PARA O GOVERNO DO ESTADO; CONFIRA RESULTADO

LAGOA DE PEDRAS (RN): PREFEITO GUILHERME AMÂNCIO GANHA EM ÚLTIMA INSTÂNCIA E SEGUE NO CARGO ATÉ FINAL DO MANDATO

TENTATIVA DE FUGA É FRUSTADA EM PENITENCIÁRIA NA GRANDE NATAL

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO