OPERAÇÃO DESTRÓI AVIÃO, TRATOR E APREENDE COMBUSTÍVEL DE GARIMPEIROS EM OPERAÇÃO NO TERRITÓRIO YANOMAMI

Imagem
  Divulgação/Ibama :        Em operação de repressão ao garimpo na Terra Indígena Yanomami, a força-tarefa do governo federal destruiu um avião, um trator de esteira e estruturas de apoio logístico ao garimpo na manhã desta quarta-feira (8). A região está em emergência de saúde pública desde o dia 20 de janeiro para atender indígenas da etnia Yanomami. Na ação, o órgão ainda apreendeu duas armas e três barcos com cerca de 5 mil litros de combustível. Foram apreendidos nas embarcações cerca de uma tonelada de alimentos, freezers, geradores e antenas de internet que seriam levadas para os acampamentos garimpeiros. Não há a informação de presos. A operação é realizada em conjunto com o Ibama, a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e a Força Nacional de Segurança Pública, que atua desde que o governo federal decretou ação na terra indígena. Nesta quarta-feira (8) a Força Nacional mandou 100 homens ao local, para o reforço na segurança. O grupo deve compor o apoio de segurança na b

ELEIÇÕES 2022: CERCA DE 5 MIL POLICIAIS DEVEM REFOÇAR SEGURANÇA NOS LOCAIS DE VOTAÇÃO NO RN

 


Cerca de 5 mil agentes da Polícia Militar devem reforçar a segurança nas Eleições 2022 no Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pelo Subcomandante geral da Polícia Militar no RN, Coronel Zacarias Mendonça. Segundo o Subcomandante da PM, além dos cerca de 5 mil policiais militares diretamente escalados para trabalhar na segurança das eleições, outros agentes estarão nas patrulhas dos diversos municípios potiguares.

Ainda de acordo com o Coronel Mendonça, o planejamento tático já foi definido. O Comando-Geral da PM também informou que realizou reuniões internas semanais com os policias e com Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN), para que todas as informações que cheguem sejam repassadas e alinhadas com os militares. “A expectativa é muito boa para o pleito deste ano. Reforçaremos os locais onde poderemos ter dificuldade, segundo o levantamento de inteligência, visando garantir a ordem e segurança em todo o RN”, disse o Subcomandante.

Os comandantes da Polícia Militar de todos os estados do Brasil se reuniram com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e algumas orientações, como a proibição do celular dentro da cabine de votação, foram repassadas.

Além da Polícia Militar, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) também informou que vai disponibilizar todo o aparato disponível da Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar (CBMRN) para integrar as ações de segurança no dia das eleições.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), o desembargador Cornélio Alves, também conversou com o NOVO e reforçou a confiança nos órgãos de Segurança do Estado com a aproximação do período eleitoral e acirramento político do pleito 2022.

“Em que pese o acirramento político, é importante ressaltar que ele tem se restringido ao campo do debate político. Temos a expectativa que se mantenha assim até o dia do pleito com total paz e tranquilidade de todos os envolvidos, graças ao aparato que está sendo montado visando à garantia da segurança não apenas das urnas eletrônicas e dos locais de votação, mas também dos eleitores e demais membros participantes do processo eleitoral”, ressaltou Cornélio.

O primeiro turno das Eleições 2022 acontece no dia 2 de outubro, e se houver segundo turno, no dia 30 do mesmo mês.

TSE não enviará Força Federal para o RN

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, autorizou o envio da Força Federal para reforçar a segurança em 561 localidades de 11 estados durante o primeiro turno das Eleições 2022. As decisões devem ser referendadas pelo plenário do tribunal. A medida não inclui localidades do Rio Grande do Norte.

O presidente do TRE/RN, desembargador Cornélio Alves, também comentou acerca do não envio de reforço das Forças Armadas para o território potiguar. O magistrado garantiu, mais uma vez, sua confiança na atuação nos órgãos estaduais na segurança de todas as Zonas Eleitorais do RN. “O Tribunal Regional Eleitoral avalia e tem total confiança que as Forças e Órgãos de Segurança que estarão envolvidos aqui no Estado irão garantir de modo satisfatório a ordem e a paz em todas as Zonas Eleitorais no dia do pleito, estando prontas a intervir de modo eficiente, quando necessário”, destacou o desembargador.

O TSE informou que a possibilidade de requisição do auxílio das Forças Federais está prevista na legislação desde 1965. O artigo 23, inciso XIV, do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965) estabelece que cabe privativamente ao TSE “requisitar Força Federal necessária ao cumprimento da lei, de suas próprias decisões ou das decisões dos TREs que o solicitarem, e para garantir a votação e a apuração”.

O TSE ainda comunicou que pedidos aprovados são encaminhados ao Ministério da Defesa, órgão responsável pelo planejamento e execução das ações empreendidas pelas Forças Armadas.

Notícias mais lidas na semana.

JOVEM EMPRESÁRIO VEM SENDO LEMBRADO PELA POPULAÇÃO PARA UMA POSSÍVEL CANDIDATURA DE PREFEITO EM SANTO ANTÔNIO

DESASTRE DA GESTÃO MUNICIPAL EM TANGARÁ/RN CAUSA REVOLTA E POPULAÇÃO PROTESTA EM PRAÇA PÚBLICA

NATAL CAP EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO; CONFIRA

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%