LULA DIZ QUE NÃO DARÁ AUTORIZAÇÕES PARA PESQUISAS MINERAIS EM ÁREAS INDÍGENAS

Imagem
  O presidente Luiz Inácio  Lula  da Silva (PT) afirmou nesta segunda-feira (30) que o governo não vai mais conceder novas autorizações para pesquisas minerais em áreas indígenas. O petista também voltou a afirmar que colocará fim ao garimpo ilegal em territórios indígenas, como o dos Yanomami – que vêm enfrentando uma grave crise de saúde em razão do avanço da atividade garimpeira. Lula deu as declarações ao ser questionado sobre as medidas que o governo federal tomará para expulsar cerca de 20 mil garimpeiros que exploram florestas e rios onde vivem os indígenas. A pergunta foi feita durante coletiva de Lula com o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz – após encontro entre os dois no Palácio do Planalto. "Temos que parar com a brincadeira, não terá mais garimpo. O governo brasileiro vai tirar e acabar com qualquer garimpo a partir de agora. E não vai haver mais, por parte da agência de minas e energia, autorização para alguém fazer pesquisa em qualquer área indígena", disse Lu

MUNICÍPIOS DO RN CAEM NO RANKING DE PRODUÇÃO DE CAMARÃO, DIZ IBGE

 


As cidades do RN que mais produzem camarão perderam posições no ranking nacional entre 2020 e 2021. É o que aponta Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM), que foi divulgada nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os municípios potiguares que perderam posição foram: PendênciasCanguaretamaArezSenador Georgino AvelinoMossoró e Nísia Floresta - eles foram superados por municípios cearenses.

Os dois estados, juntos, são responsáveis por cerca de 70% da produção nacional de camarão.

Município que liderou o ranking brasileiro em 2018 e 2019, Pendências registrou queda pelo segundo ano seguido e se tornou o terceiro maior produtor nacional de camarão em 2021.

A pequisa aponta que, embora a produção potiguar tenha sido cerca de 12 mil toneladas menor que a cearense em 2021, o valor da produção foi de cerca de R$ 600 milhões ao todo e ainda supera a do estado vizinho em cerca de R$ 30 milhões.

Segundo Elder de Oliveira Costa, tecnologista do IBGE responsável pela pesquisa no RN, o valor de produção do estado se destaca por ter mais valor agregado para exportação.

Com esses resultados, o Rio Grande do Norte permanece como segundo produtor nacional do crustáceo, com 21 mil toneladas de camarão para consumo e quase 8 bilhões de larvas e pós-larvas para reprodução.

Notícias mais lidas na semana.

[ VÍDEOS ] INDIGNADA, POPULAÇÃO DE JUNDIÁ/RN PROTESTA CONTRA VEREADORES DA OPOSIÇÃO SOBRE PROJETO DOS CONTRATOS

VÍDEO: ACIDENTE DEIXA DOIS MORTOS E VÁRIOS FERIDOS GRAVES NA BR-101, NO RN

NOITE DE TERROR: BANDIDOS FAZEM SEQUESTRO E ATIRAM CONTRA VIATURA DA PM NO RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%