GOVERNO DO RN ANUNCIA PAGAMENTO DOS PLANTÕES EXTRAS DE DEZEMBRO DOS SERVIDORES DA SAÚDE

Imagem
  A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta terça-feira (31), o pagamento dos plantões extras de dezembro dos servidores da saúde. O anúncio foi feito pelas redes sociais da chefe do executivo estadual. Segundo Fátima, os plantões extras, realizados no mês de dezembro de 2022, serão creditados em conta bancária nesta quarta-feira (1º). Mais cedo, os  trabalhadores da saúde do RN haviam anunciado que iriam vão paralisar suas atividades nesta quarta-feira (1º) em um ato para cobrar do Governo do Estado o pagamento de plantões eventuais referentes a dezembro de 2022 . A paralisação iria contar com um ato público às 9h da manhã, em frente ao Hospital Walfredo Gurgel. “Mesmo com toda dificuldade que estamos enfrentando com a queda na receita do ICMS, provocada pela mudança na legislação, nosso governo segue honrando o compromisso com os servidores, mantendo a folha em dia e não descansaremos até quitar, o mais rápido possível, todos os pagamentos de serviços extras”, informou a gover

PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM REALIZAM PARALISAÇÃO HOJE

 


Profissionais da área de enfermagem realizam nesta quarta-feira (21) uma paralisação contra a suspensão do piso salarial da categoria e o veto do presidente Jair Bolsonaro (PL). Em Natal, a movimentação vai ocorrer o dia todo, a partir das 9h, na praça 7 de setembro, localizada no bairro Cidade Alta, Zona Leste de Natal. Enquanto que pela manhã, serão realizadas oficinas de cartazes, apresentações culturais e informes jurídicos, à tarde o tempo será dedicado ao ato público. 

Ravena Rosa/Agëncia Brasil

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SindSaúde/RN), podem participar do ato tanto profissionais de enfermagem da rede pública quanto da privada. Mas, conforme adverte o Sindicato, pelo menos 30% desses profissionais precisam ser mantidos em serviços de alta e média complexidade nos hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em seus postos de atuação. 

Ainda, segundo o SindSaúde, 100% das unidades da rede de Atenção Primária em Saúde (APS), poderão atender a paralisação. Estão entre elas, por exemplo, as Unidades Básicas em Saúde (UBS), policlínicas, Unidade de Saúde da Família (USF) e Estratégia Saúde da Família (ESF).  De acordo com o Sindicato, é dever dos sindicatos emitirem a emissão de declaração dos profissionais que irão participar da movimentação. 

A movimentação na capital potiguar integra uma mobilização maior: o Dia Nacional de Paralisação da Enfermagem pela implementação da Lei do Piso Nacional e contra o veto do presidente Bolsonaro. A data da reivindicação, conforme aponta o SindSaúde, foi decidida em Assembleia Unificada e que os trabalhadores e trabalhadoras da enfermagem aprovaram, também, permanecer em estado de greve, ou seja, estarem a postos caso as entidades sindicais e centrais convoquem paralisações e mobilizações nacionais e locais. 

Com informações da Tribuna do Norte


Notícias mais lidas na semana.

[ VÍDEOS ] INDIGNADA, POPULAÇÃO DE JUNDIÁ/RN PROTESTA CONTRA VEREADORES DA OPOSIÇÃO SOBRE PROJETO DOS CONTRATOS

VÍDEO: ACIDENTE DEIXA DOIS MORTOS E VÁRIOS FERIDOS GRAVES NA BR-101, NO RN

NOITE DE TERROR: BANDIDOS FAZEM SEQUESTRO E ATIRAM CONTRA VIATURA DA PM NO RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%