BRASIL VENCE SUÍÇA E SE CLASSIFICA PARA A PRÓXIMA FASE DA COPA DO MUNDO

Imagem
  O Brasil leva sufoco, mas vence o segundo jogo da Copa do Mundo do Catar .A equipe comandada pelo técnico Tite, bateu a Suíça por 1 a 0 e garantiu sua classificação para a próxima fase. Com gol de Casemiro, a seleção chega a seis pontos e fica líder do grupo. O jogo começou truncado para as duas equipes. A seleção suíça, com duas linhas de quatro na marcação, impediu que o Brasil avançasse a sua área. A melhor chance do primeiro tempo foi apenas aos 27 minutos, onde Raphinha recebeu pela direita e cruzou para Vini Jr parar no goleiro Sommer. Aos 20 do segundo tempo,Richarlison inicia contra-ataque, Rodrygo ganha da marcação e dá tapa de letra para Casemiro, que lança de primeira na ponta esquerda. Vinícius Júnior divide com Widmer, invade a área pela esquerda com espaço e bate na saída do goleiro. O VAR indica posição de impedimento de Richarlison na origem do lance. Aos 37 minutos, Casemiro abre passe na ponta esquerda, Vinicius Júnior encara a marcação e toca rasteiro para Rodrygo,

24% DOS BRASILEIROS DIZEM TER COMIDA INSUFICIENTE, APONTA PESQUISA DATAFOLHA

 


O percentual de famílias com comida insuficiente em casa voltou ao menor patamar registrado pela Pesquisa Datafolha. Ainda assim, praticamente um quarto dos brasileiros afirma que a quantidade de alimentos no lar nos últimos meses foi menos que o suficiente.

A falta de comida é citada por 24% dos entrevistados, ante 27% no levantamento anterior e 33% da pesquisa de julho, quando o percentual atingiu o maior patamar da série iniciada em maio de 2021. O piso de 24% também foi registrado em março deste ano.

O instituto ouviu 4.580 pessoas em 252 municípios entre terça 25 e esta quinta-feira 27. A pesquisa foi encomendada pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo e está registrada sob o código BR04208/2022 no Tribunal Superior Eleitoral. A margem de erro é de dois pontos percentuais, com nível de confiança de 95%.

São 20% os que disseram que a comida foi mais do que suficiente, ante 16% no levantamento de setembro. O número é o dobro do verificado na primeira vez em que essa pergunta foi feita pelo instituto.

A quantidade de comida foi suficiente para 56% dos entrevistados, ante 57% apontados em setembro.

Entre os que declaram ter comida insuficiente, os índices são mais altos entre mulheres (29%) do que homens (18%), entre os menos instruídos (38%), mais pobres (36%), moradores do Nordeste (35%) e desempregados (39%).

Também se destacam os 34% apontados por pessoas que recebem o Auxílio Brasil. O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ministro Paulo A falta de comida se tornou um assunto corriqueiro para os brasileiros e motivo de contestação por parte do governo.

Notícias mais lidas na semana.

DIRETOR-GERAL DA CÂMARA DE SANTO ANTÔNIO É O ÚNICO SERVIDOR DO RN A RECEBER A MEDALHA TOP LEGISLATIVO 2022

WILSINHO (PTB) É ELEITO PREFEITO DE CANGUARETAMA COM 54,74% DOS VOTOS VÁLIDOS

POPULAÇÃO ELEGE EDNA LEMOS COMO NOVA PREFEITA DE PEDRO VELHO/RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%