GUERRA NA UCRÂNIA DÁ NOVO IMPULSO A PROTAGONISMO PETRODITADURAS

Imagem
  Com menos petróleo russo no mercado e um embargo ao produto que deve começar na segunda-feira, governos autoritários produtores de petróleo são recebidos com cordialidade por países dependentes. O governo da Venezuela fez questão de divulgar em suas redes sociais uma imagem da COP-27 em que Nicolás Maduro é recebido calorosamente pelo presidente francês, Emmanuel Macron. O gesto chamou atenção porque, em 2019, a França rechaçou Maduro e reconheceu Juan Guaidó como líder da Venezuela. Mas, agora, em meio a uma crise de energia que ameaça a Europa em razão da guerra na Ucrânia, gestos amistosos com líderes autoritários como Maduro e Mohammed Bin Salman, da Arábia Saudita, voltaram à cena, já que ambos possuem uma commodity valiosa: petróleo. Na segunda-feira, a União Europeia dá o primeiro passo para embargar o petróleo da Rússia em retaliação à invasão da Ucrânia, em 24 de fevereiro. A sanção promete afetar o mundo todo, já que Moscou é um grande exportador da commodity. Em busca de a

COREIA DO NORTE LANÇA MÍSSEIS CAPAZES DE TRANSPORTAR ARMAS NUCLEARES

 

Foto: Reprodução:       

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, supervisionou o lançamento de dois mísseis de cruzeiro estratégicos de longo alcance, informou a agência estatal KCNA. O lançamento é chamado, pela mídia estatal, de teste para confirmar a confiabilidade e a operação de armas com capacidade nuclear implantadas em unidades militares.ebcebc

O teste teve como objetivo aumentar a eficiência e o poder de combate dos mísseis de cruzeiro, enviados ao Exército Popular da Coreia “para a operação de armas nucleares táticas”, acrescentou a agência.

Lembrando que o teste de fogo foi outro aviso claro aos seus inimigos, o líder Kim Jong-un disse que o país “deve continuar a expandir a esfera operacional das Forças Armadas estratégicas nucleares para impedir qualquer crise militar crucial e crise de guerra a qualquer momento”.

Na segunda-feira 10, a KCNA informou que Kim orientou exercícios táticos nucleares contra a Coreia do Sul, em protesto contra os recentes exercícios navais conjuntos das forças sul-coreanas e norte-americanas envolvendo um porta-aviões.

A agência disse ainda que os mísseis testados voaram para “atingir claramente o alvo, a 2 mil quilômetros de distância.

Não ficou imediatamente claro se os lançamentos foram detectados por autoridades da Coreia do Sul, do Japão ou dos Estados Unidos, que frequentemente monitoram e divulgam informações sobre as atividades de armas norte-coreanas.

Notícias mais lidas na semana.

VÍDEO: PREFEITURA DE LAGOA DE PEDRAS/RN DIVULGA ATRAÇÕES DO RÉVEILLON 2023; CONFIRA

IGUALMENTE A TEREZINHA MAIA, TOMBA FARIA PODERÁ SER CASSADO

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA