RN TEM AUMENTO DE MAIS DE 800% NOS CASOS DE DENGUE EM 2022

Imagem
  O Rio Grande do Norte teve um aumento nos casos de dengue, chikungunya e zika neste ano de 2022. Os dados registrados até o dia 22 de outubro, data do último boletim das arboviroses da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), são superiores a todo o ano de 2021. Os casos confirmados de dengue, por exemplo, subiram 830% em comparação com o ano passado. Neste ano, foram confirmados 11.330 casos enquanto em 2021 esse número foi de 1.218.  O número de mortes também cresceu: de  1 para 19 . Em maio deste ano, o RN decretou situação de emergência no estado por conta dos casos elevados de arboviroses. Em agosto, a Sesap chegou a anunciar o fim da epidemia, mas recuou e manteve a situação crítica do quadro no estado. A pasta, inclusive,  fez um novo alerta à população diante da chegada do período epidêmico das arboviroses, compreendido entre novembro e maio , quando as altas temperaturas, combinadas às chuvas aceleram a reprodução do mosquito transmissor, aumentando a disseminação dess

FAMÍLIA DO RN FAZ CAMPANHA PARA CUSTEAR TRATAMENTO CONTRA O CÂNCER DE MENINA DE 12 ANOS; VEJA COMO AJUDAR

 

Letícia Neves trata de câncer desde o início do ano, entre Fortaleza e Curitiba — Foto: Divulgação

Uma família natural da cidade de São Miguel, no interior do Rio Grande do Norte, está fazendo uma campanha de financiamento coletivo para o tratamento de um câncer agressivo que foi diagnosticado na caçula de três irmãs Letícia Maria Neves, uma menina de 12 anos.

O tratamento em questão é chamado de Cart T Cell e tem o custo total de cerca de R$ 2,5 milhões, sendo feito em parte nos Estados Unidos. Dessa forma, a campanha foi aberta para tentar arrecadar esse valor para custear o tratamento, já que a família não tem condições financeiras de bancá-lo.

A campanha está sendo feita pela internet, onde qualquer pessoa pode ajudar financeiramente (clique AQUI para acessar o link).

A realização do procedimento é tida como urgente pela família. De acordo com a irmã Luana Neves, Letícia realizou oito ciclos de quimioterapia, mas o tumor não tem regredido. "Ela fica períodos em hospital e períodos em casa. Esse é o período mais crítico dela", explicou a irmã.

Diagnóstico


Letícia Neves e a mãe — Foto: Divulgação


Letícia recebeu no início deste ano o diagnóstico de Linfoma de Burkitt após uma série de exames feitos desde o ano passado. Com residência fixa em São Miguel, a família passou a morar em Fortaleza, mas tem passado os últimos meses em Curitiba por conta do tratamento da doença.

A descoberta do câncer aconteceu no fim do ano passado após Letícia alegar dores. "Em uma consulta de rotina, a médica apalpou a massa no abdômen", conta a irmã Luana.

Cart T Cell


Por não ter havido a regressão do tumor, Letícia ainda não pode receber o transplante de medula óssea para o tratamento. Foi daí que surgiu a possibilidade de fazer o tratamento Cart T Cell. A recomendação foi feita pela própria médica.

"Descobrimos [o tratamento] através de uma outra criança que ia fazer em Barcelona. E procuramos saber com as médicas. O hospital onde ela está já tem estrutura para realizar, mas o procedimento ainda não tinha sido liberado no Brasil. Começou semana retrasada", explicou Luana.

Basicamente o tratamento consiste na retirada das células doentes de Letícia, que serão levadas para um laboratório nos Estados Unidos e retornarão mais saudáveis, sendo reinjetadas nela, na tentativa de combater o tumor.

Além da ajuda financeira para o tratamento, a irmã reforça o pedido de orações por Letícia. "Para que Lelê consiga ficar bem até o tratamento se completar", diz.

G1RN

Notícias mais lidas na semana.

DIRETOR-GERAL DA CÂMARA DE SANTO ANTÔNIO É O ÚNICO SERVIDOR DO RN A RECEBER A MEDALHA TOP LEGISLATIVO 2022

WILSINHO (PTB) É ELEITO PREFEITO DE CANGUARETAMA COM 54,74% DOS VOTOS VÁLIDOS

POPULAÇÃO ELEGE EDNA LEMOS COMO NOVA PREFEITA DE PEDRO VELHO/RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA