GUERRA NA UCRÂNIA DÁ NOVO IMPULSO A PROTAGONISMO PETRODITADURAS

Imagem
  Com menos petróleo russo no mercado e um embargo ao produto que deve começar na segunda-feira, governos autoritários produtores de petróleo são recebidos com cordialidade por países dependentes. O governo da Venezuela fez questão de divulgar em suas redes sociais uma imagem da COP-27 em que Nicolás Maduro é recebido calorosamente pelo presidente francês, Emmanuel Macron. O gesto chamou atenção porque, em 2019, a França rechaçou Maduro e reconheceu Juan Guaidó como líder da Venezuela. Mas, agora, em meio a uma crise de energia que ameaça a Europa em razão da guerra na Ucrânia, gestos amistosos com líderes autoritários como Maduro e Mohammed Bin Salman, da Arábia Saudita, voltaram à cena, já que ambos possuem uma commodity valiosa: petróleo. Na segunda-feira, a União Europeia dá o primeiro passo para embargar o petróleo da Rússia em retaliação à invasão da Ucrânia, em 24 de fevereiro. A sanção promete afetar o mundo todo, já que Moscou é um grande exportador da commodity. Em busca de a

ENEM: DOBRA NÚMERO DE INSCRITOS PRIVADOS DE LIBERDADE NO RN

 


O Exame Nacional do Ensino Médio das Pessoas Privadas de Liberdade (ENEM PPL) no Rio Grande do Norte, que acontece nos dias 10 e 11 de janeiro de 2023, terá 1.378 internos aptos a participarem, segundo dados da Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP). O número é o dobro do registrado no ano passado.

Ainda segundo dados da Seap, atualmente, 78 detentos fazem curso superior no Estado e outros 798 estão matriculados em cursos regulares. 

De acordo com a Seap, a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, o maior complexo penitenciário do estado, localizado em Nísia Floresta, concentra o maior número de inscritos para o Enem deste ano. Ao todo, 383 reeducandos vão fazer a prova. 

Seguido da Cadeia Pública Dinorá Cimas, em Ceará-Mirim, com 254. A Penitenciária Agrícola Doutor Mário Negócio, em Mossoró, com 137 inscrições. A SEAP tem demanda para o ENEM PPL nas 19 unidades com presos no Estado.

Os presos poderão pleitear a participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e em outros programas de acesso à educação superior, desde que já tenha terminado o ensino médio ou que esteja concluindo a etapa.

A pasta ainda confirmou que o RN saiu da última colocação para quarto colocado em número de inscritos no Encceja no Brasil no proporcional ao tamanho do sistema prisional.

Notícias mais lidas na semana.

VÍDEO: PREFEITURA DE LAGOA DE PEDRAS/RN DIVULGA ATRAÇÕES DO RÉVEILLON 2023; CONFIRA

IGUALMENTE A TEREZINHA MAIA, TOMBA FARIA PODERÁ SER CASSADO

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA