TSE APROVA PRESTAÇÃO DE CONTAS DA CAMPANHA DE LULA E ALCKMIN

Imagem
  O plenário do STE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou por unanimidade, nesta terça-feira (6), a prestação de contas da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin, eleitos presidente e vice-presidente da República, respectivamente. A prestação de contas é exigida a todos os candidatos que participaram da eleição e tem como finalidade atestar a regularidade na arrecadação e na utilização dos recursos ao longo da campanha. Das informações apresentadas por Lula e Alckmin ao TSE, a Asepa (Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias) do tribunal encontrou inconsistências no valor de R$ 187 mil relacionadas à omissão de despesas referentes à nota fiscal eletrônica emitida em favor dos candidatos, passagens aéreas pagas em duplicidade e ausência de documentação comprobatória. No entanto, o relator do processo no TSE, o ministro Ricardo Lewandowski, considerou que as ocorrências apontadas pela Asepa foram “plenamente superadas, com a apresentação de esclarecimen

PREÇO DA GASOLINA SOBE PELA TERCEIRA SEMANA SEGUIDA NOS POSTOS, AFIRMA ANP



 Na última semana antes do segundo turno das eleições, o preço da gasolina nos postos registrou alta pela terceira semana seguida, de acordo com pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O valor médio do litro passou de R$ 4,88, na semana terminada no dia 22 de outubro, para R$ 4,91, na semana entre os dias 23 e 29 de outubro. É uma alta de 0,6%.

O preço máximo encontrado no país foi localizado no Pará, onde o valor da gasolina chegou a R$ 5,79 por litro.

Dados da Abicom, a associação que reúne os importadores, apontam para uma defasagem nos preços praticados pela Petrobras.

A gasolina vendida no Brasil pela estatal está 16% mais barata (-R$0,63 por litro) em relação ao exterior. O mesmo ocorre com o diesel, que está com preço 25% menor ante o exterior (- R$1,62 por litro).

Nesta segunda-feira, apesar de o preço do Brent ter fechado em queda, a US$ 92,52 por barril, a commodity acumula ala desde o início de outubro, quando iniciou o mês a US$ 88,70 e chegou a US$ 98,43.

A alta nos preços internacionais, que foi acompanhada do avanço do dólar, aumentou as críticas e as pressões do mercado, para que a Petrobras tivesse feito algum tipo de reajuste nos combustíveis, o que não foi feito a pedido do presidente Jair Bolsonaro, derrotado na urnas para Luiz Inácia Lula da Silva.

O litro do diesel, por outro lado, caiu de R$ 6,59 para R$ 6,56, nas duas últimas semanas, segundo a ANP.

Notícias mais lidas na semana.

COMISSÃO DO TRE-RN DÁ PARECER PELA REPROVAÇÃO DE CONTAS DA CAMPANHA WENDEL LAGARTIXA

IGUALMENTE A TEREZINHA MAIA, TOMBA FARIA PODERÁ SER CASSADO

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA