ARRASTÃO DA VITÓRIA REÚNE APOIADORES DE WILSINHO APÓS ELEIÇÃO EM CANGUARETAMA

Imagem
Uma multidão azul invadiu as ruas de Canguaretama na noite deste domingo (27) para festejar a vitória de Wilsinho Ribeiro e Fátima do Murim após a vitória na eleição suplementar. Eleito com 9.403 votos válidos para os próximos dois anos pela coligação "Trabalho e Compromisso" (PTB, PP, Podemos e PL), o novo prefeito foi agradecer à população em uma festa da democracia, animada pelas bandas Grafith e Ferro na Boneca, em um arrastão da entrada da cidade até a Praça Augusto Severo, na sede, em frente a Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Ao final do percurso, Wilsinho comemorou com os canguaretamenses e reforçou a continuidade dos projetos apresentados durante a campanha.  "Vamos seguir com o trabalho firme por nossa Canguaretama. Não vai faltar atenção, apoio e dedicação para a população que necessita tanto do acolhimento da Prefeitura. Agora, não é mais um interino. É o prefeito que vai seguir com esse papel de estar junto da população. Obrigado a todos que

RN REGISTROU 164 MORTES POR CÂNCER DE PRÓSTATA NOS PRIMEIROS OITO MESES DE 2022

 


No período de janeiro a agosto de 2022, ocorreram no Rio Grande do Norte 164 óbitos* por câncer de próstata, na faixa etária de 30 a 69 anos, o que equivale a um risco de 20,04 por 100 mil/homens. Independente da condição socioeconômica do país e estado, a incidência desse câncer se configura entre as primeiras posições das neoplasias malignas masculinas (*dados sujeitos a revisão).

A estimativa para o Rio Grande do Norte, a cada ano do triênio 2020/2022, aponta que ocorrerão 11.140 casos novos de câncer sendo 3.150 casos novos de câncer de pele não melanoma. No homem o câncer de pele não melanoma será o mais incidente (97,70%), seguido pelos cânceres de próstata (88,46%), estômago (15,28%), traqueia-brônquios-pulmão (13,02%), cólon e reto (10,26%) e cavidade oral (9,82%)

Não existe somente um fator de risco para câncer, no entanto a idade acima dos 50 anos é considerado o mais importante. Outros fatores também contribuem para o aumento do risco de desenvolver a doença como: fatores genéticos, hereditários, obesidade, sedentarismo, radiações ionizantes, alimentação inadequada, uso abusivo de bebidas alcoólicas e tabagismo.

Os homens com faixa etária de 20 a 59 anos não frequentam os serviços da atenção básica com a mesma frequência que mulheres, crianças e idosos e acabam procurando o serviço de urgência quando o quadro de saúde se encontra bastante avançado. De acordo com o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), no Rio Grande do Norte, no período de 2015 a 2020, dentre as principais causas de mortalidade na população masculina de 20 a 59 anos, estão as causas externas (lesões por violência, acidente de trânsito e acidente de trabalho) com 43,98%, seguidas das doenças do aparelho circulatório com 15,56%, depois as neoplasias (9,83%), as doenças do aparelho digestivo, com 7,42% e as doenças infecciosas e parasitárias, que incluem as infecções sexualmente transmissíveis como HIV e Sífilis, com 6,10%.

Notícias mais lidas na semana.

DIRETOR-GERAL DA CÂMARA DE SANTO ANTÔNIO É O ÚNICO SERVIDOR DO RN A RECEBER A MEDALHA TOP LEGISLATIVO 2022

WILSINHO (PTB) É ELEITO PREFEITO DE CANGUARETAMA COM 54,74% DOS VOTOS VÁLIDOS

POPULAÇÃO ELEGE EDNA LEMOS COMO NOVA PREFEITA DE PEDRO VELHO/RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%