SE HOUVER ESPAÇO, SALÁRIO MÍNIMO SOBE EM MAIO PARA R$ 1.320,00, DIZ MINISTRO

Imagem
  O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, reafirmou nesta segunda-feira, 6, que o governo está empenhado em estudar uma maneira de viabilizar o salário mínimo de R$ 1.320,00 a partir de 1º de maio, mas que ainda é cedo para garantir o aumento. Ele participa na manhã desta segunda junto com outros 11 ministros da posse de Aloizio Mercadante na presidência do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social, no Rio de Janeiro. Marinho também avaliou que este ano serão gerados mais empregos do que em 2022, mas que a taxa de desemprego deve permanecer no patamar atual ou mesmo subir, pela inclusão de pessoas que haviam desistido de procurar emprego e se sentirão estimuladas a voltar a procurar. "Vamos aguardar para ver a tendência do crescimento econômico. Acredito sinceramente que a partir da dinâmica do governo do presidente Lula, 14 mil obras paradas hoje serão retomadas gradativamente e isso vai melhorar a relação emprego e renda, seguramente vai impulsionar o crescimento da eco

ANVISA APROVA CABOZANTINIBE PARA TRATAMENTO DIFERENCIADO DE TIREOIDE

 


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou em na última segunda-feira (26) o inibidor multiquinases Cabometyx® (levomalato de cabozantinibe) para o tratamento de pacientes adultos com câncer diferenciado da tireoide (CDT) localmente avançado ou metastático, refratário  ou não elegível a iodo radioativo (RAI) que progrediram durante ou após a terapia sistêmica prévia.

O tratamento está aprovado pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA) desde maio. A aprovação foi baseada nos resultados do estudo de Fase III COSMIC-311, que demonstrou melhora significativa na sobrevida livre de progressão da doença para pacientes versus placebo. O estudo mostrou, após acompanhamento de 6,2 meses, que pacientes tratados com Cabometyx® tiveram uma redução de 78% no risco de progressão da doença ou morte em comparação ao grupo tratado com placebo . 

O câncer de tireoide é o nono tumor mais comum no mundo, de incidência três vezes maior em mulheres que homens. No Brasil, é o terceiro tumor mais frequente em mulheres na Região Sudeste e na Região Nordeste (sem considerar o câncer de pele não-melanoma). 

Os carcinomas diferenciados são os tipos mais frequentes. Cerca de 5% a 15% dos casos do câncer diferenciado de tireoide tornam-se refratários ao tratamento. Quando isso ocorre, o prognóstico prevê uma sobrevida estimada de três a cinco anos. 

"Os pacientes com câncer diferenciado de tireoide, que antes tinham opções muito restritas de terapia em casos de metástase ou quando a doença progredia, agora podem contar com mais um tratamento, de forma segura e com qualidade de vida", afirma Vanessa Fabricio, diretora médica da Ipsen.

Cabometyx® é um inibidor de multiquinases, que bloqueia a ação de proteínas chamadas receptoras de tirosina quinase (RTKs). Os RTKs estão envolvidos no crescimento celular e no desenvolvimento de novos vasos sanguíneos. Estas proteínas podem estar presentes em grandes quantidades nas células cancerígenas. Ao bloquear sua ação, o Cabometyx® retarda o crescimento do tumor e ajuda a bloquear o fluxo sanguíneo que favorece o câncer. 

O estudo de fase 3 COSMIC-311, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo, reuniu 258 participantes diagnosticados com câncer diferenciado de tireoide, refratários à radioiodoterapia e previamente tratados com terapia direcionada ao receptor do fator de crescimento endotelial vascular (VEGFR), demonstrando que esse perfil de pacientes pode ser beneficiado com uma linha adicional de tratamento com cabozantinibe. O desfecho primário foi sobrevida livre de progressão. 

Estadão Conteúdo 

Notícias mais lidas na semana.

JOVEM EMPRESÁRIO VEM SENDO LEMBRADO PELA POPULAÇÃO PARA UMA POSSÍVEL CANDIDATURA DE PREFEITO EM SANTO ANTÔNIO

MORRE A JORNALISTA GLÓRIA MARIA, ÍCONE DA TV BRASILEIRA

PREFEITO DE TANGARÁ TEM PAGAMENTO DO SALÁRIO SUSPENSO PELA JUSTIÇA POR ACÚMULO DE REMUNERAÇÕES

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%