PASSAGEM (RN): PREFEITO JUNINHO ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA INÍCIO DA REFORMA DO CENTRO DE SAÚDE

Imagem
  Na última sexta-feira (03),  o prefeito Juninho do município de Passagem assinou a Ordem de Serviço para o início da reforma do Centro de Saúde. A obra é muito importante para estrutura física do prédio, pois o local ficará mais digno para receber a população que todos os dias passam por ali para os devidos atendimentos.  Os recursos para reforma é de indicação de emenda do senador Styvenson Valentin e trará com toda certeza mais conforto aos usuários Passagenses.

CATHERINE RELINE, DO QUÊNIA, E ANDREW KWEMOI, DE UGANDA, VENCEM A SÃO SILVESTRE 2022

 


O corredor Andrew Kwemoi, de Uganda, venceu a tradicional corrida da São Silvestre de 2022 na prova da elite masculina, enquanto a Catherine Reline, da Quênia, conquistou pelo lado feminino. A prova aconteceu neste sábado, dia 31, com corredores de todos os estados e dezenas de nações que correram 15km de avenidas e ruas paulistanas.

A largada da 97ª Corrida Internacional de São Silvestre foi na Avenida Paulista, 2084 e a chegada foi na mesma Avenida Paulista, mas no número 900, em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero.

A queniana de 20 anos, que manteve a hegemonia do país na corrida, teve um tempo de 49min43s. As etíopes Yimer Wude e Kabebush Yisma fecharam em segundo e terceiro lugares, respectivamente. A brasileira Jenifer Nascimento cruzou a linha de chegada em quarto lugar, com 54min03s.

No masculino, o ugandês liderou a prova do início ao fim e venceu sem dificuldades, com um tempo de 44min42s. Esta foi a primeira vez que um corredor da Uganda conquistou a corrida da São Silvestre, onde a Quênia é o país que mais teve vencedores, 15 no total. O Brasil é o segundo colocado no ranking com 11 vitórias.

Joseph Panga, da Tanzânia, fechou a prova na segunda posição. Maxwell Rotich, de Uganda, terminou em terceiro e o brasileiro Fabio Jesus Ferreira ficou em quarto lugar.

Marilson Gomes dos Santos, em 2010, pela elite masculina, e Lucélia Peres, 2006, pelo feminino, foram os últimos brasileiros a conquistarem a prova que ocorre todo dia 31 de dezembro.

Ao todo, foram sete categorias na corrida: atletas cadeirantes, atletas cadeirantes com guia, atletas com deficiência, atletas de pelotão premium, atletas de pelotão geral, atletas de elite feminino e atletas de elite masculino.

Com exceção das categorias de elite, que contaram com os profissionais das classes A e B, os grupos determinados possuíram pessoas dos gêneros masculino e feminino disputando juntas.

O Globo

Notícias mais lidas na semana.

JOVEM EMPRESÁRIO VEM SENDO LEMBRADO PELA POPULAÇÃO PARA UMA POSSÍVEL CANDIDATURA DE PREFEITO EM SANTO ANTÔNIO

NATAL CAP EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO; CONFIRA

MORRE A JORNALISTA GLÓRIA MARIA, ÍCONE DA TV BRASILEIRA

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%