RODRIGO PACHECO É REELEITO PRESIDENTE DO SENADO FEDERAL

Imagem
  O senador   Rodrigo Pacheco   (PSD-MG) foi reeleito presidente do   Senado   e comandará a Casa pelos próximos dois anos, após votação ocorrida nesta quarta-feira (1º), que terminou 49 a 32. Pacheco, que contou com o apoio do PT, venceu a disputa contra  Rogério Marinho  (PL-RN), que contava com o apoio da bancada ligada ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). A votação ocorreu após a posse dos novos 27 senadores. Em discurso antes da votação, o presidente reeleito se posicionou novamente a favor da independência entre os Três Poderes. Quanto a protestos de parlamentes ligados a Bolsonaro, Pacheco afirmou que não fez nenhum ato para classificá-lo como adversário do governo na última gestão.

INCÊNDIO CONSOME ESTAÇÃO ECOLÓGICA NO RS HÁ TRÊS DIAS

 


Após três dias de incêndio, quase 8% da área total da Estação Ecológica do Taim, no Rio Grande do Sul, foi destruída até esta quinta-feira 15. A unidade de conservação tem um total de 32.806 hectares, dos quais 2.532 foram consumidos pelas chamas.

A causa do incêndio, segundo o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), foi a queda de um raio na última segunda-feira 12, próximo da BR-471, que liga o estado ao Uruguai, na cidade de Santa Vitória do Palmar.

Devido à direção dos ventos, a rodovia não foi atingida e não precisou de interdição.

De acordo com o ICMBio, os ventos estão virando na direção nordeste e há outra linha de fogo, com 10 quilômetros de comprimento, que atinge a margem leste do banhado e se estende, em diagonal, à outra margem.

“Como trata-se de uma área de banhado, o fogo é combatido nos flancos, com o objetivo de não entrar em propriedades vizinhas”, diz o órgão.

A autarquia afirma que o fogo está atingindo a parte seca da vegetação e não deve chegar às raízes, que estão protegidas pela umidade ainda existente no solo, o que ajudará numa rápida recuperação das plantas. “O ICMBio ainda constatou que há ‘ilhas’ de refúgio para fauna.”

A Unidade de Conservação do Taim sofreu um incêndio de proporções parecidas em fevereiro de 2013, também causado por um raio, quando 5.731 hectares de vegetação foram destruídos pelo fogo, parte em regiões fora do perímetro da estação.

Na época, brigadistas e aviões trabalharam por uma semana para controlar as chamas, intensificadas pelos ventos e pela dificuldade de acesso a áreas de banhado. Há cinco anos, outro incêndio atingiu uma área ainda maior da mesma reserva.

A estação, que fica nos municípios de Santa Vitória do Palmar e Rio Grande, é habitat de espécies como o jacaré-de-papo-amarelo e o cisne-de-pescoço-preto. Também é um local de passagem de aves migratórias.

Criada em 1986, é uma das mais importantes áreas de conservação da mata atlântica do país, preservando banhados e lagoas, campos, dunas e matas e abrigando uma grande diversidade de espécies de vegetais e animais ameaçados de extinção.

Notícias mais lidas na semana.

[ VÍDEOS ] INDIGNADA, POPULAÇÃO DE JUNDIÁ/RN PROTESTA CONTRA VEREADORES DA OPOSIÇÃO SOBRE PROJETO DOS CONTRATOS

VÍDEO: ACIDENTE DEIXA DOIS MORTOS E VÁRIOS FERIDOS GRAVES NA BR-101, NO RN

NOITE DE TERROR: BANDIDOS FAZEM SEQUESTRO E ATIRAM CONTRA VIATURA DA PM NO RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%