LULA DIZ QUE NÃO DARÁ AUTORIZAÇÕES PARA PESQUISAS MINERAIS EM ÁREAS INDÍGENAS

Imagem
  O presidente Luiz Inácio  Lula  da Silva (PT) afirmou nesta segunda-feira (30) que o governo não vai mais conceder novas autorizações para pesquisas minerais em áreas indígenas. O petista também voltou a afirmar que colocará fim ao garimpo ilegal em territórios indígenas, como o dos Yanomami – que vêm enfrentando uma grave crise de saúde em razão do avanço da atividade garimpeira. Lula deu as declarações ao ser questionado sobre as medidas que o governo federal tomará para expulsar cerca de 20 mil garimpeiros que exploram florestas e rios onde vivem os indígenas. A pergunta foi feita durante coletiva de Lula com o chanceler da Alemanha, Olaf Scholz – após encontro entre os dois no Palácio do Planalto. "Temos que parar com a brincadeira, não terá mais garimpo. O governo brasileiro vai tirar e acabar com qualquer garimpo a partir de agora. E não vai haver mais, por parte da agência de minas e energia, autorização para alguém fazer pesquisa em qualquer área indígena", disse Lu

MAIS DE R$ 400 MILHÕES SERÃO INVESTIDOS NA EXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO NO RN E OUTROS 7 ESTADOS

 


A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) assinou hoje (8), no Rio de Janeiro, 58 contratos relativos aos blocos arrematados no 3º Ciclo da Oferta Permanente de Concessão (OPC), realizado em abril deste ano.

Todos os contratos são na modalidade concessão e, segundo a agência, geraram uma arrecadação de R$ 422.217.152,64 em bônus de assinatura. Com isso, serão investidos pelo menos R$  405.250.000,00 na fase de exploração no Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Santa Catarina e Paraná.

Empresas

Assinaram contratos as empresas 3R Areia Branca S.A, Ecopetrol Óleo e Gás do Brasil Ltda, Energy Paranã Ltda, Imetame Energia Ltda, Newo Óleo e Gás Ltda, NTF Óleo e Gás S.A., Origem Energia S.A., Petroborn Óleo e Gás S.A., Petro-Victory Energia Ltda, Seacrest Petróleo S.A., Shell Brasil Petróleo Ltda e Total Energies EP Brasil Ltda.

O primeiro ciclo da Oferta Permanente de Partilha de Produção (OPP) está marcado para 16 de dezembro. Serão licitados 11 blocos do polígono do Pré-Sal: Ágata, Bumerangue, Cruzeiro do Sul, Esmeralda, Jade, Sudoeste de Sagitário e Tupinambá, localizados na Bacia de Santos; e Água Marinha, Norte de Brava, Itaimbezinho e Turmalina, na Bacia de Campos. As informações são da Agência Brasil. 

Notícias mais lidas na semana.

[ VÍDEOS ] INDIGNADA, POPULAÇÃO DE JUNDIÁ/RN PROTESTA CONTRA VEREADORES DA OPOSIÇÃO SOBRE PROJETO DOS CONTRATOS

VÍDEO: ACIDENTE DEIXA DOIS MORTOS E VÁRIOS FERIDOS GRAVES NA BR-101, NO RN

NOITE DE TERROR: BANDIDOS FAZEM SEQUESTRO E ATIRAM CONTRA VIATURA DA PM NO RN

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%