PASSAGEM (RN): PREFEITO JUNINHO ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA INÍCIO DA REFORMA DO CENTRO DE SAÚDE

Imagem
  Na última sexta-feira (03),  o prefeito Juninho do município de Passagem assinou a Ordem de Serviço para o início da reforma do Centro de Saúde. A obra é muito importante para estrutura física do prédio, pois o local ficará mais digno para receber a população que todos os dias passam por ali para os devidos atendimentos.  Os recursos para reforma é de indicação de emenda do senador Styvenson Valentin e trará com toda certeza mais conforto aos usuários Passagenses.

MORRE AOS 82 ANOS O REI DO FUTEBOL, PELÉ



Edson Arantes do Nascimento, Pelé (foto), o maior jogador de futebol de todos os tempos, morreu nesta quinta-feira (29), aos 82 anos. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde 29 de novembro para se tratar de um câncer de cólon, que se espalhou.

Única pessoa no planeta a vencer três Copas do Mundo como jogador –em 1958, 1962 e 1970— Pelé estreou como profissional no Santos em 1956, aos 15 anos. Ele tornaria a equipe paulista conhecida em todo o mundo: com o Santos, ele conquistou dez títulos paulistas, seis brasileiros (cinco Taças Brasil e uma Taça de Prata), duas Libertadores e dois Mundiais até 1974, quando se despediu do futebol em um jogo contra a Ponte Preta na Vila Belmiro.

Após receber uma oferta do New York Cosmos, porém, ele jogaria nos EUA por mais três anos, de 1975 a 1977, até sua despedida definitiva em 1978.

Pela seleção brasileira, Pelé jogou de 1957 a 1971 e é até hoje o maior artilheiro da equipe, com 77 gols –um à frente de Neymar. Desses gols, três foram em finais de Copas: dois no 5 a 2 contra a Suécia (em 1958, quando ele tinha 17 anos) e um no 4 a 1 contra a Itália (em 1970, aos 29).

Ao todo, ele fez 1.282 gols em sua carreira: o milésimo, marcado contra o Vasco no Maracanã em 19 de novembro de 1969, foi um acontecimento nacional.

Na vida extracampo, Pelé se envolveu em polêmicas –por exemplo, ao dizer, durante a ditadura militar, que o povo brasileiro “não estava preparado para votar”.  Anos mais tarde, ele seria ministro dos Esportes de 1995 a 1998, na gestão de Fernando Henrique Cardoso.

O ex-jogador também foi criticado por não ter reconhecido a paternidade de sua filha Sandra Regina Machado, que foi vereadora em Santos por dois mandatos e morreu em 2006, aos 42 anos, vítima de um câncer de mama.

Edson Arantes do Nascimento deixa cinco filhos de dois casamentos (Kely, Edinho, Jennifer, Joshua e Celeste) e Flávia Kurtz, fruto de outra relação extraconjugal.

Notícias mais lidas na semana.

JOVEM EMPRESÁRIO VEM SENDO LEMBRADO PELA POPULAÇÃO PARA UMA POSSÍVEL CANDIDATURA DE PREFEITO EM SANTO ANTÔNIO

MORRE A JORNALISTA GLÓRIA MARIA, ÍCONE DA TV BRASILEIRA

PREFEITO DE TANGARÁ TEM PAGAMENTO DO SALÁRIO SUSPENSO PELA JUSTIÇA POR ACÚMULO DE REMUNERAÇÕES

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%