OPERAÇÃO DESTRÓI AVIÃO, TRATOR E APREENDE COMBUSTÍVEL DE GARIMPEIROS EM OPERAÇÃO NO TERRITÓRIO YANOMAMI

Imagem
  Divulgação/Ibama :        Em operação de repressão ao garimpo na Terra Indígena Yanomami, a força-tarefa do governo federal destruiu um avião, um trator de esteira e estruturas de apoio logístico ao garimpo na manhã desta quarta-feira (8). A região está em emergência de saúde pública desde o dia 20 de janeiro para atender indígenas da etnia Yanomami. Na ação, o órgão ainda apreendeu duas armas e três barcos com cerca de 5 mil litros de combustível. Foram apreendidos nas embarcações cerca de uma tonelada de alimentos, freezers, geradores e antenas de internet que seriam levadas para os acampamentos garimpeiros. Não há a informação de presos. A operação é realizada em conjunto com o Ibama, a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e a Força Nacional de Segurança Pública, que atua desde que o governo federal decretou ação na terra indígena. Nesta quarta-feira (8) a Força Nacional mandou 100 homens ao local, para o reforço na segurança. O grupo deve compor o apoio de segurança na b

ESTUDO APONTA QUE NÚCLEO DA TERRA "FREOU" ; ENTENDA COMO ISSO PODE AFETAR O PLANETA

 


Um estudo feito a partir de dados de terremotos aponta que o núcleo da Terra desacelerou e agora parou de girar mais rápido do que o próprio planeta. A descoberta foi realizada por Yi Yang e Xiaodong Song, sismólogos da Universidade de Pequim, que estudam o fenômeno desde 1995.

O artigo realizado pela dupla de sismólogos foi publicado na revista "Nature Geoscience", e segundo os autores, o resultado da pesquisa foi uma surpresa para ambos. No artigo, é explicado que o núcleo da Terra costumava girar mais rápido do que o planeta em si. Porém, em algum momento das décadas recentes (possívelmente em 2009), o centro terrestre teria desacelerado.

Com esse cenário, os campos gravitacionais e magnéticos da Terra podem sofrer mudanças, além da própria geofísica do planeta, fazendo com que ocorra a alteração na duração de um dia em algumas frações de segundo. Isso é possível porque a duração de um dia está diretamente ligada ao movimento de rotação da Terra em torno do próprio eixo (que dura 23 horas, 56 minutos, 4 segundos e 0,9 décimo de segundo).

Durante entrevista ao El País, Xiaodong Song, um dos autores do estudo, explicou que "Nos últimos anos, os dias estão ficando mais curtos e pode ser que haja relação com esta mudança (na forma como o núcleo gira)". Song também afirmou que a alteração na rotação do planeta pode causar outras consequências, como a alteração do nível do mar e, por sua vez, a alteração da temperatura global da Terra.

Apesar disso, é necessário mais tempo para avaliar os potênciais impactos que podem ocorrer com a diminuição da rotação do núcleo terrestre.

Com informações do G1


Notícias mais lidas na semana.

JOVEM EMPRESÁRIO VEM SENDO LEMBRADO PELA POPULAÇÃO PARA UMA POSSÍVEL CANDIDATURA DE PREFEITO EM SANTO ANTÔNIO

DESASTRE DA GESTÃO MUNICIPAL EM TANGARÁ/RN CAUSA REVOLTA E POPULAÇÃO PROTESTA EM PRAÇA PÚBLICA

NATAL CAP EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO; CONFIRA

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%