'VAPE DE VITAMINAS' TEM PROIBIÇÃO DA ANVISA, MAS É VENDIDO LIVREMENTE NA INTERNET; PROFISSIONAIS DE SAÚDE ALERTAM PARA RISCOS

Imagem
  Foto: Reprodução:     Os cigarros eletrônicos com vitaminas tentam atrair mais usuários com a promessa de que ajude na saúde. Profissionais de saúde alertam que o ‘vape’ pode trazer diversos prejuízos. Os cigarros eletrônicos são vetados no país pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que diz que é proibido comercializar e fazer propagandas, de qualquer dispositivo eletrônico seja para fumar ou pra suplementação de vitaminas, probióticos, enzimas e outros . A agência afirma que a fiscalização do comércio de cigarros eletrônicos é de responsabilidade de autoridades locais. Anúncios na internet dizem que o produto dá energia, firmeza na pele e recupera músculos, mas são todos ilegais e perigosos, seja qual for a composição. A Sociedade Brasileira de Pneumologia diz que estudos científicos mostram que o uso de cigarro eletrônico causa doenças não só respiratórias, mas gastrointestinais, na boca, entre outras. O jornalista Leonardo Resende fez uso e passou mal. Com a prom

MORRE SEGUNDA VÍTIMA DO INCÊNDIO EM FÁBRICA DE FOGOS DE ARTIFÍCIO EM PARNAMIRIM

 

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi


Morreu nesta terça-feira (3), em Natal, a segunda vítima do incêndio que destruiu uma fábrica de fogos de artifício em Parnamirim, na região metropolitana da capital, na última quarta-feira (28).

O paciente faleceu no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, onde estava internado desde o dia do acidente.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesap) no início da tarde desta terça-feira (3).

Os dois pacientes que morreram eram os que tinham ferimentos mais graves, com mais de 90% do corpo queimado.

A primeira morte foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado na quinta-feira (29).

Outras duas vítimas seguem internadas no Centro de Tratamento de Queimados. Uma quinta pessoa recebeu alta do hospital na segunda-feira (2).

“Dois pacientes internados no Centro de Tratamento de Queimados continuam em observação e devem ter alta nos próximos dias. Um dos pacientes recebeu alta na manhã desta segunda-feira (2). A Sesap e o hospital lamentam o ocorrido e segue trabalhando para entregar o melhor atendimento às vítimas”, afirmou a Secretaria de Saúde, em nota.

Incêndio

Um incêndio destruiu uma fábrica de fogos de artifício na quarta-feira (28) em Parnamirim, na Grande Natal, e deixou pelo menos cinco pessoas feridas.

O incêndio foi logo percebido por vizinhos por conta das explosões seguidas dos fogos de artifício e da forte fumaça preta que ganhou o céu. O galpão fica no bairro Passagem de Areia.

Segundo testemunhas, após o início das explosões, parte dos funcionários da fábrica se escondeu em um banheiro e outra parte quebrou uma parede para fugir do local.

Os trabalhadores saíram e ficaram na calçada da rua até a chegada do atendimento médico. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 10 pessoas estavam na fábrica quando o incêndio começou.

O fogo atingiu ainda um depósito que armazena produtos de plástico e alumínio e que fica ao lado da fábrica de fogos de artifício. O local também ficou destruído.

Em nota, a empresa CCS Fogos, responsável pelos fogos de artifício, disse que os fogos explodiram “no momento do descarregamento do caminhão que trazia os fogos de João Pessoa, na Paraíba, para Parnamirim”.

Segundo a empresa, o galpão era alugado e nesta quinta (29) os fogos seriam entregues à Prefeitura de Parnamirim. Eles haviam sido comprados para “usar no réveillon da cidade”, segundo a nota.

A empresa disse que tomou “as medidas cabíveis de socorro”, que está tomando “todas as ações necessárias prestando todo apoio aos funcionários que estavam no local” e que acompanha todas as etapas, desde o combate às chamas, ao processo de elucidação do caso.

Apesar de a empresa citar o descarregamento, testemunhas não presenciaram nenhum caminhão no momento da acidente.

Perícia

Uma perícia feita pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep/RN) na fábrica de fogos de artifício que pegou fogo em Parnamirim na última quarta-feira (28) identificou um indício de explosão na área interna do galpão.

O órgão divulgou o resultado da perícia que foi feita nesta quinta-feira (29) e não descartou retornar ao local para uma nova averiguação. O Itep-RN não soube informar se a possível explosão ocorreu antes do local pegar fogo ou já com o incêndio em andamento.

G1 RN

Notícias mais lidas na semana.

JOVEM EMPRESÁRIO VEM SENDO LEMBRADO PELA POPULAÇÃO PARA UMA POSSÍVEL CANDIDATURA DE PREFEITO EM SANTO ANTÔNIO

NATAL CAP EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO; CONFIRA

MORRE A JORNALISTA GLÓRIA MARIA, ÍCONE DA TV BRASILEIRA

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%