DEPUTADO BENES LEOCÁDIO É RECONDUZIDO PARA COORDENAR A BANCADA FEDERAL EM 2023

Imagem
  O deputado federal Benes Leocádio (União Brasil) foi reconduzido à coordenação da bancada federal do Rio Grande do Norte. O nome do parlamentar foi ratificado, por unanimidade, durante reunião na tarde desta quarta-feira (8), em Brasília, que contou com a presença de todos os deputados e senadores potiguares. “É uma grande honra ser reeleito para liderar a nossa bancada federal. Nos últimos anos, atuamos, para otimizar os trabalhos, aproximando as demandas de nosso Estado ao legislativo, prezando sempre pelo diálogo e unidade de nossa bancada. É mais um desafio, agora renovado, que vou cumprir com afinco, responsabilidade e compromisso com nosso RN”, disse Benes. A reunião foi o primeiro momento, nesta nova legislatura, em que toda a bancada federal potiguar esteve reunida. Estavam presentes os deputados federais Benes Leocádio (União Brasil), Fernando Mineiro (PT), General Girão (PL), Paulinho Freire (União Brasil), Natalia Bonavides (PT), João Maia (PL) Sargento Gonçalves (PL) e Ro

PRESOS APÓS 8 DE JANEIRO EM BRASÍLIA PARTIRAM DE 25 ESTADOS E SÓ 6% DO DF

 


A secretaria de administração penitenciária do DF divulgou os locais de origem de 1.398 pessoas que foram presas em Brasília após os atos golpistas de 8 de janeiro.

O Amapá é o único de todos os estados brasileiros que não teve nenhum preso. Já São Paulo, estados mais populoso do país e no topo da lista, tem uma de cada cinco pessoas que chegaram a ser detidas.

A partir desses dados, o UOL Notícias levantou quantos partiram de cada estado e do Distrito Federal:

  • São Paulo – 273 presos (19,5% do total)
  • Minas Gerais – 204 (14,6%)
  • Paraná – 132 (9,4%)
  • Mato Grosso – 105 (7,5%)
  • Rio Grande do Sul – 105 (7,5%)
  • Santa Catarina – 89 (6,3%)
  • Distrito Federal – 84 (6%)
  • Bahia – 70 (5%)
  • Goiás – 49 (3,5%)
  • Rondônia – 42 (3%)
  • Pará – 39 (2,8%)
  • Rio de Janeiro – 33 (2,3%)
  • Mato Grosso do Sul – 32 (2,3%)
  • Ceará – 25 (1,8%)
  • Tocantins – 20 (1,4%)
  • Espírito Santo – 18 (1,3%)
  • Paraíba – 15 (1%)
  • Alagoas – 13 (0,9%)
  • Maranhão – 11 (0,8%)
  • Pernambuco – 11 (0,8%)
  • Rio Grande do Norte – 9 (0,6%)
  • Piauí – 8 (0,5%)
  • Amazonas – 6 (0,4%)
  • Acre – 3 (0,2%)
  • Roraima – 1 (0,07%)
  • Sergipe – 1 (0,07%)

O levantamento mostra que a mobilização teve abrangência nacional. O DF, local onde ocorreram a invasão e depredação dos prédios dos Três Poderes, foi declarado como local de residência por apenas 6% dos detidos. Ou seja, 94% viajaram de outros locais para a capital federal.

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, terminou ontem de analisar a situação de 1.406 presos após os ataques. Além dos 1.398 detidos em Brasília, o número inclui oito pessoas detidas em outros estados, nos dias seguintes à manifestação.

Após passarem por audiências de custódia, 464 pessoas (um terço do total) foram soltas com tornozeleira eletrônica. Os dois terços restantes, 942, tiveram decretada prisão preventiva, sem prazo para soltura.

Notícias mais lidas na semana.

JOVEM EMPRESÁRIO VEM SENDO LEMBRADO PELA POPULAÇÃO PARA UMA POSSÍVEL CANDIDATURA DE PREFEITO EM SANTO ANTÔNIO

DESASTRE DA GESTÃO MUNICIPAL EM TANGARÁ/RN CAUSA REVOLTA E POPULAÇÃO PROTESTA EM PRAÇA PÚBLICA

NATAL CAP EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO; CONFIRA

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%